8 dezembro 2022 3:34
8 dezembro 2022 3:34

Homem é preso e confessa que matou cachorro após irritá-lo e quase ser mordido

Suspeito contou à polícia que mora próximo do animal e sempre que passava pelo local o cão latia para ele, o que o deixava irritado

Por Midiamax Uol

- Publicidade -

Um homem, de 28 anos, foi preso na terça-feira (22) suspeito de matar um cachorro a tiros em Mundo Novo, 463 km de Campo Grande.

De acordo com a polícia, na segunda-feira (21) o homem caminhava por uma estrada rural da cidade com uma arma de fogo, calibre .38 quando avistou um cachorro amarrado em um terreno onde funciona uma reciclagem. O suspeito se aproximou e atirou contra o animal.

Momentos depois a proprietária do cão chegou e percebeu que ele estava morto que havia uma perfuração de tiro, em seguia acionou a polícia.

Após investigações, policiais civis identificaram o autor, que confessou o crime. Ele disse que mora próximo da reciclagem e que sempre que passava pelo local o cão latia para ele, o que o deixava irritado.

Na segunda-feira passou pelo local e ao ver que o cão estava amarrado, se aproximou e começou a atiçá-lo, deixando o animal irritado. O animal tentou mordê-lo e para se defender atirou no cachorro.

O suspeito foi indiciado pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e maus tratos de animais. A pena para quem pratica esse tipo de crime pode chegar a quase sete anos de reclusão. Caso seja condenado pelos dois crimes a pena pode ultrapassar dez anos de reclusão.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS