9 dezembro 2022 3:15
9 dezembro 2022 3:15

General Heleno sobre fake de internação de Lula: ‘Infelizmente é mentira’

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O general Augusto Heleno, ministro-chefe Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo de Jair Bolsonaro (PL), chamou Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de “cachaceiro” e disse que o petista “infelizmente” não está internado.

A declaração foi feita a apoiadores de Bolsonaro do lado de de fora do Palácio da Alvorada, em Brasília, neste domingo (6/11). “Esse negócio do Lula estar doente, não tá, infelizmente. Infelizmente é mentira”.

O boato sobre a internação de Lula foi assunto em grupos bolsonaristas. Correntes nas redes sociais e em aplicativos de mensagens relatam que o petista teria sofrido um infarto e estava sendo levado ao hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

De acordo com as falsas informações, Lula teve o problema em um hotel na Bahia na sexta-feira (4) e precisou ser encaminhado para a capital paulista. Algumas versões da história também relatam que o político sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Depois de vencer o segundo turno com 50,9% dos votos válidos, em 30 de outubro, Lula viajou a Porto Seguro, na Bahia, para descansar ao lado da esposa, Rosângela “Janja” Silva. No local, o presidente eleito recebeu as visitas do senador Jaques Wagner (PT-BA) e do governador da Bahia, Rui Costa (PT).

Lady Gaga

A cantora Lady Gaga também se tornou alvo de uma fake que vem circulando em grupos de apoiadores de Bolsonaro. Entre as teorias está a de que a artista, na verdade, é uma funcionária do Tribunal Penal Internacional, localizado em Haia, nos Países Baixos (Holanda).

As montagens em que Gaga parece estar numa videoconferência com Jair Bolsonaro e as capturas de tela que dizem que Stefani Germanotta – nome real da cantora -, “primeira-ministra do Tribunal de Haia”, estaria analisando uma fraude eleitoral no Brasil viralizaram no Twitter.

Estado de Minas
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS