6 dezembro 2022 9:53
6 dezembro 2022 9:53

Folha dá destaque a comida do Acre do chef Deocleciano em festival paulista

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Depois de dois anos com eventos online, o Festival Fartura chega a São Paulo neste fim de semana e deve receber cerca de 4.000 pessoas para celebrar a diversidade da gastronomia brasileira. Em parceria com a Folha, a oitava edição da festa reúne chefs dos quatro cantos do país e pequenos produtores premiados.

Nos stands, o visitante tem acesso, por exemplo, ao azeite Milonga, de Triunfo, no Rio Grande do Sul, considerado o melhor azeite do hemisfério Sul, e ao café da Fazenda Santiago, de Presidente Olegário, em Minas Gerais, que recebeu o primeiro lugar no Coffee of The Year 2021.

“Esta festa é uma forma de apresentar a riqueza alimentar do país, ao mesmo tempo que aproximamos as culturas. A gastronomia tem um discurso muito peculiar, mas que acaba distanciando quem não é do meio”, completa Carolina.

Para selecionar todos os expositores, a equipe do Festival Fartura percorreu quase 100 mil quilômetros para desbravar histórias, ingredientes, chefs e receitas. De Rio Branco, no Acre, o chef Deocleciano Brito trouxe a paella acreana – com arroz agulhinha, tucupi, jambu, carne de sol desfiada, banana da terra frita, queijo quadro e lâminas de castanha-do-pará.

A receita foi elaborada em frente a uma plateia faminta no Cozinha Ao Vivo, onde os cozinheiros convidados dão as dicas de preparo. Por R$ 30, todas as 120 porções se esgotaram rapidamente. “Já estive em seis edições do Fartura. Além de ingredientes e insumos, esta é uma chance da culinária de cada estado se fortalecer”.

[Folha de São Paulo]

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS