23 novembro 2022 9:21
23 novembro 2022 9:21

É BENEFICIÁRIO do INSS? Pode ser que tenha dinheiro disponível para você!

Instituto Nacional do Seguro Social pode pagar valores para milhões de segurados; veja mais sobre as datas a seguir.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O Instituto possui dois calendários disponíveis para a consulta dos pagamentos. Isso ocorre uma vez que os depósitos se dividem entre aqueles segurados que recebem um salário mínimo e aqueles que recebem um valor maior do que um salário mínimo. O início dos repasses começaram faz algum tempo, e continuam até terça-feira.

Pagamentos do INSS

O calendário de pagamentos termina nesta terça-feira, tanto para quem recebe um salário mínimo quanto para quem recebe mais do que isso. Assim, os repasses, que são feitos de acordo com o número final do cartão do beneficiário, pagam o benefício de outubro para os últimos grupos.

Podem receber aqueles segurados que ganham um salário mínimo, desde que tenham cartão com final 4 ou 9. Por outro lado, recebem hoje os segurados que ganham acima de um salário mínimo com cartão de final 9.

Maior valor ano que vem?

A legislação brasileira determina que o INSS não pode pagar um valor menor do que um salário mínimo para os seus segurados. Dessa maneira, eles podem receber a quantia mínima, hoje em dia, de R$ 1.212. No entanto, todos os anos o salário passa por um reajuste, o que significa que aqueles segurados que recebem um salário mínimo receberão um valor maior do que o atual em 2023.

O reajuste é feito com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e a lei diz que o reajuste não pode ser menor do que ele. Do contrário, os brasileiros perderiam o poder de compra frente à inflação. Não é possível afirmar ainda o valor de 2023. Conforme a previsão orçamentária, a proposta foi de R$ 1.302.

Todavia, a equipe econômica do próximo governo pode propor um valor maior, uma vez que intenção era de fornecer um ganho real para os trabalhadores, o que não acontece desde 2019. Com isso, a proposição pode ser de R$ 1.320.

Revisão dos benefícios

O INSS poderá começar em breve a fazer uma revisão dos benefícios pagos aos seus segurados. De acordo com um documento, a duração do período de revisão será de 6 meses. No entanto, não é possível, ao menos por enquanto, afirmar o dia de início das revisões. Por conta disso, todos devem permanecer atentos aos canais de comunicação oficiais da autarquia.

É importante destacar que o foco da revisão serão aqueles benefícios que dependem da perícia médica para serem pagos. Neste sentido, os principais afetados serão os segurados que recebem o BPC/Loas, o auxílio-acidente e o auxílio-doença, principalmente aqueles que já estão há um tempo sem passar pela perícia.

Vale a pena lembrar que os canais de comunicação oficial são os seguintes:

  1. Site: https://meu.inss.gov.br/#/login;
  2. Aplicativo Meu INSS: https://bityli.com/RXNFG;
  3. Número de telefone: 135.

A autarquia não envia mensagens em aplicativos de mensagens para os segurados. Portanto, se você receber alguma mensagem suspeita, a indicação é de não enviar os dados pessoais.

Pronatec

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS