8 dezembro 2022 5:14
8 dezembro 2022 5:14

Courtois pega pênalti, Bélgica segura pressão e vence Canadá na estreia

Seleção Canadense surpreendeu ao dominar as ações ofensivas da partida contra os belgas, que foram mais efetivos e largam em vantagem na Copa do Mundo

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

As arquibancadas coloridas de vermelho davam a tônica do que significava aquele momento. Depois de 36 anos, Canadá estava de volta à Copa do Mundo. Ao Catar, trouxe consigo uma torcida empolgada, maioria no Estádio Ahmad bin Ali, em Al Rayyan, no Catar. O ânimo contagiou a seleção, que dominou a maior parte da partida contra a Bélgica. Mas os belgas foram fatais, frustraram a torcida adversária e venceram por 1 a 0 nesta quarta-feira (23), pela primeira rodada do Grupo F.

O primeiro tempo foi de ampla superioridade canadense. Logo aos 10 minutos, o melhor jogador do time teve a oportunidade de marcar o primeiro gol da seleção na história dos Mundiais. Alphonso Davies, do Bayern de Munique, cobrou pênalti, mas parou nas mãos do goleiro Courtois.
A Bélgica pouco chegou ao ataque. Mas, quando chegou, foi efetiva. Aos 43 minutos da etapa inicial, Alderweireld fez um lançamento longo para Batshuayi, que apareceu entre os zagueiros e, cara a cara com o goleiro, não perdoou.
Com a vitória, a Bélgica larga em vantagem na chave: são três pontos e a liderança ao fim da rodada. Em segundo, aparecem Marrocos e Croácia, que empataram por 0 a 0 nesta quarta. Canadá é o último, sem ponto.
A segunda rodada do Grupo F será no domingo (27). Às 10h, a bola rola para o duelo entre Bélgica e Marrocos, no Al Thumama. Mais tarde, às 13h, é a vez de Croácia e Canadá se enfrentarem no Internacional Khalifa.
O jogo
Surpreendentemente, o primeiro tempo foi amplamente dominado pela Seleção Canadense. O time comandado pelo técnico John Herdman, uma lenda local, impôs o ritmo de jogo e pressionou a poderosa Bélgica.
Foram inúmeras chances de marcar o primeiro gol do Canadá na história das Copas do Mundo já na etapa inicial. A principal delas saiu dos pés da estrela maior da equipe: Alphonso Davies, titular do Bayern de Munique, cobrou pênalti mal e parou nas mãos de Courtois aos 10 minutos.
Apesar do baque, Canadá continuou melhor, mas as chances desperdiçadas enervaram a torcida – maioria nas arquibancadas. E não se pode falhar tanto contra um adversário tão forte.
A Bélgica criou pouco, mas foi efetiva. Aos 43 minutos, Alderweireld fez belíssimo lançamento longo para Batshuayi. Na cara do gol, o atacante não perdoou: 1 a 0.
Na volta para o segundo tempo, os belgas esfriaram o jogo canadense tanto ficando com a bola, quanto irritando os adversários. Em dado momento, Courtois chegou fazer cera e provocou vaias dos torcedores rivais.
A intensidade canadense voltou a aumentar nos minutos finais, mas a pontaria continuou ruim. Quando a bola chegou ao gol, Courtois confirmou a grande fase e assegurou a vitória belga.
BÉLGICA 1 X 0 CANADÁ
Bélgica
Courtois; Dendoncker, Alderweireld e Vertonghen; Castagne, Tielemans (Onana, no intervalo), Witsel, De Bruyne e Carrasco (Meunier, no intervalo); Eden Hazard (Trossard, aos 16′ do 2ºT) e Batshuayi (Openda, aos 32′ do 2ºT)
Técnico: Roberto Martínez
 
Canadá
Borjan; Johnston, Steven Vitória e Millar (Buchanan, aos 35′ do 2ºT); Laryea (Adekugbe, aos 28′ do 2ºT), Hutchinson (Koné, aos 12′ do 2ºT), Eustáquio (Osorio, aos 35′ do 2ºT), Hoilett (Larin, aos 12′ do 2ºT), Buchanan e Davies; Jonathan David
Técnico: John Herdman
 
Motivo: primeira rodada do Grupo F da Copa do Mundo
Local: Estádio Ahmad bin Ali, em Al Rayyan, no Catar
Data e horário: quarta-feira, 23 de novembro de 2022, às 16h (de Brasília)
Gol: Batshuayi, aos 43′ do 1ºT (BEL)
Cartões amarelos: Carrasco, aos 11′ do 1ºT, Meunier, aos 7′, e Onana, aos 11′ do 2ºT (BEL); Davies, aos 35′, e Johnston, aos 38′ do 2ºT (CAN)
Público: 40.432 torcedores
 
Árbitro: Janny Sikazwe (Zâmbia)
Assistentes: Jerson dos Santos (Angola) e Arsenio Maringule (Moçambique)
VAR: Yoshimi Yamashita (Japão)
Estado de Minas
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS