8 dezembro 2022 4:28
8 dezembro 2022 4:28

Conheça a origem do feriado do dia dos finados que homenageia pessoas que morreram

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O Dia dos Finados ou Dia dos Mortos é celebrado em 2 de novembro todos os anos. No Brasil, a data é feriado nacional, instituído pela Lei nº 10.607, de 19 de dezembro de 2002. No Acre, a tradição acontece há décadas com visitas aos cemitérios e celebrações de missas na Igreja Católica.

Neste dia, o movimento nos cemitérios é intenso, visto que muitas pessoas levam flores e fazem orações nos túmulos de familiares ou amigos que morreram. O Dia dos Finados é celebrado em 2 de novembro, já que no dia 1º de novembro é celebrado o Dia de Todos os Santos, que são homenageados todos que morreram em estado de graça, mas que não foram canonizados ou que não são lembrados por dia específico no ano.

Origem do Dia de Finados

Desde o século XI, os papas Silvestre II, João XVIII e Leão IX recomendavam que os cristãos dedicassem um dia por ano para rezarem por quem já havia falecido e que não era lembrado. A partir do século XII, o Dia de Finados passou a ser celebrado pela Igreja Católica em 2 de novembro.

No entanto, desde o século I os cristãos têm o costume de rezar por entes queridos que morreram. Neste período, as pessoas iam aos túmulos para rezar pelos que morreram sem martírio, com esperança de terem suas almas salvas.

A partir do século IV, a Igreja começou a incluir em suas celebrações a “Memória dos Mortos”, um momento de orações dedicado a todos os que já faleceram e/ou é solicitado uma celebração pelo aniversário de morte de alguém.

Contilnet

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS