8 dezembro 2022 2:57
8 dezembro 2022 2:57

Após usar drogas e espancar os filhos mulher é presa

As crianças de 1 e 4 anos tiveram ferimentos na cabeça, ficaram desacordadas e vomitaram sangue

Por O Tempo

- Publicidade -

Uma mulher de 29 anos foi presa após usar drogas, pisotear a filha de um ano e jogar o filho de 4 anos contra uma porta de vidro em um sítio nas proximidades da Lagoa Várzea das Flores, no bairro Nova Vista, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, nesta quarta-feira (9 de novembro).

De acordo com a Polícia Militar, foi apurado que a mulher foi com uma amiga para um sítio onde o caseiro é amigo delas na noite desta terça-feira (8 de novembro). As duas pediram para dormir no local. Durante a madrugada desta quarta-feira, a suspeita fez uso de cocaína, foi quando ela começou a agredir as crianças.

O pai da menina de um ano ficou sabendo do ocorrido e foi até o local. Ele contou aos militares que a filha estava desacordada e com hematomas na cabeça. O menino de 4 anos que é filho apenas da suspeita, estava com cortes na cabeça, ferimentos no nariz e vomitava sangue. O homem socorreu as duas crianças para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas elas precisaram ser transferidas ao Hospital Municipal de Contagem por suspeita de traumatismo craniano.

O Centro Materno Infantil do hospital informou que por volta 12h as duas crianças deram entrada na unidade. “Elas passaram por avaliação da pediatra e neste momento estão passando por exames. Em seguida, passarão por uma avaliação com um médico neurologista. Uma delas aguarda avaliação da cirurgia plástica. O estado de saúde das crianças é estável e elas também estão sendo acompanhadas pelo Serviço Social”.

A amiga da suspeita disse que ouviu barulhos de agressões e as crianças chorando. Quando foi tentar intervir, ela levou um chute na barriga. Por estar grávida, a vítima precisou de atendimento médico e não teve condições de socorrer as crianças. O caseiro do sítio contou que as mulheres pediram para dormir no local com as crianças e que soube das agressões por meio da mulher grávida.

A suspeita fugiu do sítio logo após o crime. Ela foi encontrada por testemunhas chorando na grama de um outro sítio. Ao perguntarem à mulher o que teria acontecido ela disse que tinha matado os filhos. As testemunhas acionaram a Polícia Militar que prendeu a suspeita. Aos policiais ela disse que só se lembrava de ter usado muita cocaína e ter batido nas crianças. A ocorrência foi repassada à Polícia Civil para investigações.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS