23 novembro 2022 8:02
23 novembro 2022 8:02

Após Lula pedir COP 30 na Amazônia, prefeito oferece Manaus para sediar evento

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Após o presidente eleito Luís Inácio Lula da Silva dizer que pedirá à Organização das Nações Unidas (ONU) para que a Conferência do Clima (COP) seja realizada na Amazônia em 2025, o prefeito de Manaus, David Almeida, ofereceu a capital para sediar o evento. Nesta quinta-feira (17), o prefeito divulgou um vídeo com a sugestão.

No vídeo, David Almeida destaca que Manaus é a maior cidade da Amazônia e capital do estado com o maior percentual de floresta preservada do país.

“Coloquei à disposição do governo brasileiro a nossa cidade, a cidade de Manaus, que é a maior cidade da Amazônia. Nós temos o estado mais preservado da Amazônia, que é o Amazonas. Temos um polo Industrial que mantém a cidade em pé”, declarou o prefeito.

David Almeida também afirmou que Manaus vai se preparar para que a cidade seja escolhida para sediar a COP 30.

“Tudo isso faz com que uma cidade de 2,3 milhões de habitantes, como Manaus, possa se credenciar para sediar a COP 2025, e nós vamos nos preparar para isso, e espero que sejamos escolhidos para poder sediar esse grande evento mundial.”, concluiu.

Um dia antes, o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, aliado de Lula, também ofereceu a capital paraense para sediar o evento.

“Presidente Lula, Belém está à disposição para sediar a próxima Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas. E é uma grande alegria ter um presidente comprometido com a preservação e fortalecimento da Amazônia, e com o respeito pelos povos da floresta”, publicou Rodrigues em suas redes sociais.

G1/AM

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS