9 dezembro 2022 2:17
9 dezembro 2022 2:17

Após entregar ursinhos de goma com maconha no Halloween homem é preso

Ele foi apontado como o suspeito de entregar os ursinhos de goma para as crianças durante as celebrações de Halloween

Por Portal R7

- Publicidade -

O americano Jarod Feilen, de 25 anos, foi preso após entregar ursinhos de goma para crianças no Halloween que podem ter sido contaminados com cannabis, de acordo com o Departamento de Polícia de South Chicago Heights.

O suspeito mora o subúrbio de Chicago, no Illinois, estado americano onde o uso recreativo da maconha é legalizada desde 2020. Ele foi identificado como o responsável por distribuir um número desconhecido de sacolas de doces com ursinhos de goma que cheiravam a maconha em South Chicago Heights, informou a rádio FOX32 Chicago.

Um pai e um avô descobriram o doce suspeito e entregaram à polícia. Os ursinhos de goma amarelos tinham embalagens pretas sem qualquer indentificação ou logo.

“Eu estava andando na rua e alguém comentou que estavam distribuindo pacotes pretos de gomas de maconha”, disse um pai, que preferiu permanecer anônimo. “Verifiquei a bolsa da minha filha de 4 anos e sim, encontrei três pacotes de gomas que cheiravam a maconha”.

Durante a investigação, Feilen foi apontado como o suspeito de entregar os ursinhos de goma para as crianças durante as celebrações de Halloween.

“Ele disse que ficou sem doces”, disse o chefe William Joyce à imprensa. “Então ele tinha alguns saquinhos e colocou algumas de suas gomas lá e começou a distribuí-las.”

O suspeito foi preso por cinco acusações de abuso infantil, disse a polícia.

As autoridades enviaram as amostras dos doces a um laboratório criminal para determinar se havia alguma contaminação com a droga.

A polícia não recebeu nenhuma informação sobre casos de crianças que teriam ingerido as balas de goma com maconha. Os pais foram orientados a comunicar as autoridades caso algum pacote de doce suspeito fosse identificado com os filhos.

A polícia ainda aconselhou os responsáveis a procurarem aconselhamento médico se alguma criança tivesse consumido a droga.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS