24 novembro 2022 2:56
24 novembro 2022 2:56

Após ataques: Jornalistas da Globo abrem queixa formal contra Cassia Kis na emissora

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A atriz Cassia Kis foi denunciada por jornalistas da Globo após ataques no WhatsApp. Depois de 15 artistas, entre atores, atrizes e produtores, cerca de cinco jornalistas registraram reclamações formais contra a artista.

Os jornalistas trabalham na redação do Jornal Nacional e na GloboNews. Um deles teria sido alvo de uma mensagem compartilhada por Cassia Kis, que pedia boicote a nomes da imprensa da Globo, como Natuza Nery, Andréia Sadi, Flavia Oliveira e até mesmo William Bonner.

A maior indignação dos denunciantes nem é tanto pelo radicalismo, mas sim contra a omissão da Globo, que tomou nenhuma atitude diante dos ataques contra minorias e profissionais da própria empresa por parte de Cassia Kis. Além disso, ela tem usado sua visibilidade na novela “Travessia” para atrair atenção e frequentar atos golpistas.

Com as denúncias dos jornalistas, já somam-se pelo menos 20 acusações formalizadas ao compliance contra a atriz de 64 anos, desde que ela manifestou homofobia numa live com Leda Nagle no YouTube. Depois disso, atores, atrizes, diretores, roteiristas e produtores que trabalham na Globo se juntaram para levar relatos ao departamento competente.

Entre as denúncias, estão situações de homofobia dentro e fora do ambiente de trabalho, além de comportamento inadequado nos bastidores de “Travessia” e da série “Desalma”, do Globoplay.

A Globo chegou a criar, recentemente, um setor de Diversidade, que a presença de Cassia Kis na emissora ridiculariza. Em comunicados sobre a atriz, a empresa diz que não tolera discriminação, mas na prática tem tolerado muito, a ponto de seus profissionais reclamarem formalmente.

Foto: Pipoca Moderna

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS