24 novembro 2022 9:10
24 novembro 2022 9:10

Acusado de participar de roubo na Havan tem pedido de liberdade negado

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

No recurso, a defesa de Rudson de Oliveira Castro, preso por envolvimento no assalto a uma loja de departamento em Rio Branco, pediu a revogação da prisão preventiva ou substituição por prisão domiciliar com monitoramento eletrônico, mas o habeas corpus foi negado pelos desembargadores da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre.

Para os magistrados, estão preenchidos os pressupostos da prisão preventiva, bem como presentes os indícios suficientes de autoria e materialidade do crime. Rudson de Oliveira foi preso investigadores da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões da Polícia Civil em setembro deste 2022.

De acordo com o inquérito, Rudson de Oliveira, Antônio Lopes da Silva, Israel da Silva Haluen e Rubenewton Araújo Barbosa participaram do roubo a loja Havan em Rio Branco. O crime aconteceu na madrugada de 14 de julho de 2021. Entre dinheiro, celulares, tabletes e notebooks, o bando deixou um prejuízo de R$ 500 mil. Parte da ação criminosa foi gravada pelas câmeras de monitoramento da empresa.

Com o inquérito finalizado, a expectativa é que a denúncia dos acusados seja feita pelo Ministério Público do Acre em janeiro de 2023.

Fonte: Acrenews

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS