24 novembro 2022 12:25
24 novembro 2022 12:25

A importância do autocuidado do homem é destacado pelo ‘novembro azul’

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Para promover a importância da saúde do homem, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), promoveu na última sexta-feira, 04 de outubro, a abertura da campanha Novembro Azul, abrangendo o Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro.

O evento foi realizado no hall da Sesacre, em Rio Branco.

O tema da campanha deste ano é “Homem, cuide da sua saúde de novembro a novembro”, para lembrar a importância da prevenção em todos os meses do ano.

O Novembro Azul tem como objetivo principal a prevenção do câncer de próstata, estimulando os homens a cuidarem mais de sua saúde.

Já a campanha do Dia Mundial do Diabetes tem como foco alertar para o impacto da doença e possibilitar aos portadores viver mais e melhor, promovendo o diagnóstico precoce e orientando sobre formas de tratamento adequado.

A secretária de Saúde, Paula Mariano, agradeceu às parcerias da campanha, à equipe responsável, e ressaltou a importância da atenção no cuidado da saúde do homem.

“Sabemos que a prevenção salva e precisamos incentivar a nossa população a se prevenir”, explicou.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Saúde do Homem, Sergio Soares, a campanha do Novembro Azul vem ganhando visibilidade e a atenção à saúde do homem precisa ser fortalecida em todas as áreas, já que culturalmente os homens procuram menos as unidades de saúde.

“Esta doença tem 90% de chance de ser curada quando é descoberta precocemente. Precisamos atrair a população masculina, provocando a conscientização sobre a prevenção e o cuidado integral com a saúde”, salientou Sergio Soares.

As ações serão realizadas em parceria com o Conselho Regional de Medicina (CRM), com a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa), com apoio da Secretaria Municipal de Educação de Rio Branco (Seme), Universidade Federal do Acre (Ufac), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Acre (Crea) e o Centro Universitário Uninorte.

Fonte/ Jornal O Rio Branco

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS