28 novembro 2022 7:19
28 novembro 2022 7:19

JÚRI POPULAR: Acusado de matar o motorista Geovane Gouveia a facadas será julgado esta semana

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Nesta quinta-feira, dia 10 de setembro, o Júri Popular da Comarca de Sena Madureira julgará o acusado de assassinar o motorista de caminhão, Geovane Gouveia, de 33 anos, nas proximidades do bairro São Felipe. O Réu conhecido por Paulo Junior Silva da Costa, o PJ, esteve preso na época do crime, mas ganhou liberdade e agora será levado a julgamento.

 

Vítima: Geovane Gouveia.

Consta na denúncia, que o crime ocorreu no dia 28 de Setembro de 2018, por volta das 15h, em frente ao supermercado São Felipe. Na ocasião, vítima e acusado se desentenderam e PJ se apossou de uma faca e matou Geovane com várias perfurações. A polícia aprendeu a faca usada no crime. Além disso, a denúncia deve mostrar imagens fortes de câmeras de segurança do momento do assassinato.

Faca usada no crime

A morte brutal comoveu a opinião pública. Geovane era motorista de uma caçamba que prestava serviço para a SEMSUR.

No curso do processo, o ministério público ofereceu denúncia e a justiça acatou. Na próxima quinta-feira, após 4 anos, o corpo de jurados se reunirá para ouvir acusação e defesa durante o julgamento, para, em seguida, decidir o futuro do Réu. Se condenado, ele retornará ao presídio Evaristo de Moraes para o cumprimento da sentença.

O ministério público pede a condenação do réu por homicídio qualificado, afirmando que o denunciado agiu com vontade de matar, por motivo fútil, meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

A defesa, por sua vez, requereu a absolvição sumária, sob o argumento de
que o réu agiu em legítima defesa ou, ainda, reconhecida a causa excludente de culpabilidade
da inexigibilidade de conduta diversa. Por fim, em caso de pronúncia, que sejam excluídas as
qualificadoras constantes na inicial para fins de pronunciar o réu como incurso no crime de
homicídio na modalidade simples.

O juiz criminal Fábio Farias deverá presidir o Júri Popular na sala de audiências do Fórum Desembargador Vieira Ferreira. A sessão poderá ser assistida por populares.

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS