2 dezembro 2022 1:36
2 dezembro 2022 1:36

Brasil bate China de virada na última partida da 1ª fase do mundial de vôlei

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O Brasil venceu a China, de virada, neste sábado (1º), na última partida da equipe pela primeira fase do Mundial feminino de vôlei, em Arnhem, na Holanda. A seleção brasileira perdeu a primeira parcial, mas reagiu e ficou com a vitória por 3 sets a 1 (parciais de 23-25, 25-17, 25-22 e 25-22).

A equipe comandada por Zé Roberto Guimarães entrou em quadra já classificada à segunda fase do Mundial. Antes de enfrentar a China, a seleção venceu República Tcheca, Argentina e Colômbia, mas perdeu na sexta para o Japão.]

O Brasil agora aguarda o resultado de Japão x Argentina, neste domingo (2), para saber a sua colocação no grupo D.

A segunda fase do Mundial de vôlei contará com 16 times, divididos em dois grupos, com quatro partidas para cada equipe. Os quatro melhores de cada chave avançam às quartas de final. A segunda fase vai de 4 a 9 de outubro.]

No duelo deste sábado, Tainara, 22 pontos, e Gabi, 17, foram as principais pontuadoras do Brasil. Do lado chinês, Li também anotou 22 pontos.

O Brasil começou mal o jogo e chegou a estar perdendo por 21 a 14 no primeiro set. A seleção conseguiu uma reação impressionante, mas no fim as chinesas fecharam a parcial em 25 a 23.

As brasileiras não se abalaram e começaram o segundo set com uma vantagem que chegou a ser de 12 a 5, o que fez o treinador chinês pedir tempo. A vantagem oscilou, mas não mudou muito. O Brasil se manteve tranquilo e fechou em 25 a 17 depois de erro de saque da China.

Diferentemente do que aconteceu nos dois primeiros sets, nenhum dos times teve uma grande vantagem logo de cara na terceira parcial. Mais tarde, a China abriu três pontos na frente, o que fez Zé Roberto Guimarães pedir tempo. O Brasil melhorou e empatou o jogo.

Mais tarde, a seleção passou a frente e fez 22 a 19 com uma sequência de erros das chinesas. O Brasil se manteve na liderança e fechou em 25 a 22 com mais um erro de saque da China.

A seleção seguiu melhor e abriu 10 a 6 no quarto set. A China até chegou a se aproximar, mas o Brasil não deixou as chinesas crescerem. Final: 25 a 22 com o último ponto anotado por Carol Gattaz.

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS