7 outubro 2022 5:06
7 outubro 2022 5:06

Zé Roberto define grupo do Brasil para o Mundial de Vôlei Feminino

Equipe viaja nesta segunda-feira (12), para iniciar a reta final de preparação, com uma semana de treinos e um amistoso na Alemanha.

Por Otávio Damasceno

- Publicidade -

O elenco do Brasil que vai participar do Campeonato Mundial de Vôlei Feminino viaja nesta segunda-feira, 12 de setembro, para a Alemanha, onde fará a reta final de preparação, que será disputada na Polônia e nos Países Baixos a partir do próximo dia 24.

O Brasil vai em busca do título com 14 jogadoras:

Levantadoras: Macris e Roberta
Opostas: Kisy e Lorenne
Ponteiras: Gabi, Rosamaria, Pri Daroit e Tainara
Centrais: Carol, Carol Gattaz, Julia Kudiess e Lorena
Líberos: Nyeme e Natinha.

Em relação ao grupo que disputou a fase final da Liga das Nações, ficando com o vice-campeonato após derrota para a Sérvia, o técnico José Roberto Guimarães fez duas alterações: a ponteira Tainara e a central Carol Gattaz foram chamadas para os lugares das ponteiras Ana Cristina, que pediu dispensa, e Julia Bergmann, que não foi liberada pela Universidade de Georgia Tech, onde cursa o último ano de Física e defende o time local na NCAA, a liga universitária norte-americana.

Para o Brasil, o Mundial ainda é um título inédito. O time tem três vice-campeonatos, obtidos em 1994 (quando Bernardinho era o técnico), 2006 e 2010, nas duas últimas sob o comando de Zé Roberto, além de um terceiro lugar, em 2014. Na última edição, o Brasil ficou em sétimo lugar. O técnico ainda tem um quinto lugar em seu único Mundial com a seleção masculina, em 1994.

“Muitas seleções mudaram para esse novo ciclo olímpico, como vimos na Liga das Nações. Nosso time manteve uma boa performance e um bom ritmo nos treinamentos. A expectativa é fazer uma grande competição, jogando de igual para igual com qualquer seleção do mundo”, afirma Zé Roberto.

O regulamento do Mundial feminino é diferente do masculino, que está acabando neste domingo. Na primeira fase, as seleções são divididas em quatro grupos com seis seleções, que se enfrentam entre si. As quatro melhores avançam para a segunda fase, carregando os resultados para se juntar com outro grupo. “É um grupo difícil e vamos precisar ter muita atenção para nos classificarmos e nos colocarmos bem na segunda fase”, afirmou Zé Roberto.

Veja abaixo os jogos do Brasil na primeira fase do Mundial de Vôlei Feminino:

24/09 (sábado) – Brasil x República Tcheca – 15h30

26/09 (segunda-feira) – Brasil x Argentina – 13h30

28/09 (quarta-feira) – Brasil x Colômbia – 10h

30/09 (sexta-feira) – Brasil x Japão – 14h15

01/10 (sábado) – Brasil x China – 9h

Os horários são de Brasília e os jogos terão transmissão do SporTV.

Fonte/ Sporte TV

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS