22 setembro 2022 9:45
22 setembro 2022 9:45

Vídeo impressiona ao comparar tamanho dos planetas e velocidade de rotação do Sistema Solar

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Tem ideia do espaço que a gente ocupa no Universo? Para os seres humanos, a Terra é tão grande que parece infinita. Na perspectiva do Sistema Solar, porém, estamos longe do pódio de maiores corpos celestes que orbitam o Sol. Um vídeo que compara a dimensão – e a impressionante velocidade de rotação – dos planetas viralizou nas redes e ajuda a compreender a diferença de tamanho entre o minúsculo Mercúrio e o gigante Júpiter.

O tamanho equivalente dos planetas do Sistema Solar: a Terra fica em quinto lugar

O vídeo já foi assistido mais de 18 milhões de vezes, e simplesmente posiciona lado a lado os planetas que formam o Sistema Solar. Também aparecem na imagem dois planetas anões: Ceres, localizado no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter, e o rebaixado Plutão que, em 2006, foi reclassificado.

Assim, na comparação proposta pelo vídeo, Ceres é o menor dos corpos celestes ilustrados, com 914 km de diâmetro equatorial, seguido por Plutão, que tem 2.320 km e é menor, portanto, que a nossa Lua, cujo diâmetro é de 3.476 km. A seguir vem Mercúrio, planeta mais próximo do Sol, com seus 4.879 km de diâmetro; Marte, com 6.794 km, e Vênus, com tamanho quase idêntico ao da Terra, com 12.103 km de diâmetro.

Olhando para nosso “quintal”, somos o quinto maior planeta do Sistema Solar, com cerca de 12.756 km de diâmetro. A partir daqui, porém, a diferença de tamanho passa a surgir em grandes saltos, já que, depois vem Netuno, com 49.538 km, e Urano, com 51.118 km de diâmetro: ambos cerca de 8 vezes maiores do que a Terra.

Até gigantes como Júpiter e Saturno ficam minúsculos perto do Sol – e a Terra desaparece

Nenhum planeta se compara aos dois gigantes gasosos do nosso sistema: além de seus charmosos anéis, Saturno tem 120.536 km de diâmetro, e o campeão, Júpiter, é tão grande que, com seus 142.984 km de diâmetro, poderia “receber” 2 mil Terras em seu interior. Maior do que todos, porém, como era de se esperar, está o Sol, tornando minúsculos até mesmo os dois gradalhões: com 1.390.000 de km de diâmetro, o tamanho explica um dos motivos pelo qual a estrela que batiza nosso sistema é conhecida como astro-rei.

Fonte: Hypeness

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS