23 setembro 2022 12:36
23 setembro 2022 12:36

Vídeo com fake news de que Lula é contra agronegócio é apagado a mando do TSE

Vídeo falso dá a entender que candidato petista teria dito que "agronegócio deve ser eliminado da Terra"

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A ministra Cármen Lúcia, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou nesta segunda-feira (19/9) que sejam removidos das redes sociais vídeos e mensagens com informações falsas de que o candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seria contrário ao agronegócio.

“Trata-se de estratégia de desinformação, com evidente distorção dos fatos, para que o cidadão conclua que a fala ‘agronegócio deve ser eliminado da Terra’ seja atribuída ao candidato Luiz Inácio Lula da Silva”, escreveu a ministra Cármen Lúcia, em sua decisão.

A ação foi movida pela Coligação Brasil da Esperança, formada pelos partidos PT, PV, PCdob, PSOL, REDE, PSB, Solidariedade, Avante, Agir e Pros, e que tem Lula como candidato.

“O candidato, em seu governo, promoveu inúmeras medidas de incentivo e subsídio ao agronegócio brasileiro para instituir medidas de estímulo à liquidação ou regularização de dívidas originárias de operações de crédito rural e de crédito fundiário, exonerando o passivo dos produtores do agronegócio”, afirmou a defesa do petista.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS