7 outubro 2022 2:21
7 outubro 2022 2:21

Vídeo: Bolsonaro compara preço da gasolina de Londres com Brasil

Presidente gravou vídeo em frente a um posto de gasolina na capital inglesa e fez propaganda de seu governo

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O presidente Jair Bolsonaro (PL) gravou um vídeo, na noite deste domingo (18/9), em frente a um posto de gasolina em Londres para exibir o preço da gasolina e comparar com o valor do combustível no Brasil.

Bolsonaro e a primeira-dama Michelle chegaram ao Reino Unido na manhã deste domingo para participar do funeral da rainha Elizabeth II, em eventos hoje e nesta segunda-feira (19/9).

“Estou aqui em Londres, Inglaterra. O preço da gasolina: 1.61 libras. Isso dá aproximadamente 9 reais e 70 centavos o litro. Ou seja, praticamente o dobro da média de muitos estados no Brasil. Então, a gasolina é uma realidade, uma das mais baratas do mundo. Um abraço a todos do Brasil. É o governo brasileiro trabalhando por você”, disse Bolsonaro.

O vídeo foi compartilhado por um ex-assessor de Bolsonaro e candidato a deputado federal.

Veja:

Na Inglaterra, o salário mínimo para um profissional de até 22 anos que trabalha 40 horas por semana é de £1.468,80. Já os trabalhadores a partir de 23 anos recebem £1.520. No Brasil, o salário mínimo de 2022 é de R$ 1.212.

Em 1º de setembro, a Petrobras anunciou redução de R$ 0,25 no preço da gasolina vendida às distribuidoras. O preço médio passou de R$ 3,53 para R$ 3,28 por litro, uma redução de 7%.

Essa é a terceira redução no preço do combustível promovida pela Petrobras desde que Caio Paes de Andrade assumiu a presidência da estatal, em 28 de junho.

Mais cedo, pouco depois de desembarcar na capital inglesa, Bolsonaro fez um discurso de improviso a dezenas de apoiadores da sacada da residência do embaixador brasileiro no Reino Unido, Frederico Arruda.

Ele iniciou a fala citando o objetivo principal da viagem: dar apoio à Família Real e homenagear Elizabeth II. Depois, dedicou-se ao discurso eleitoral. Afirmou que a maioria do Brasil não aceita discutir legalização do aborto, descriminalização das drogas e a chamada “ideologia de gênero” e voltou a prever que será reeleito ainda em primeiro turno.

“Esse é o sentimento da grande maioria do povo brasileiro. Em qualquer lugar que eu vá do Brasil, como ontem eu estive no interior de Pernambuco, a aceitação é simplesmente excepcional. Não tem como a gente não ganhar no primeiro turno”, afirmou ele.

A viagem

Bolsonaro ficará apenas dois dias na cidade, em sua primeira viagem a Londres como presidente da República. Na tarde deste domingo, o titular do Palácio do Planalto visitou a Câmara Ardente do Parlamento inglês, onde o caixão de Elizabeth II se encontra. No local, assinou o Livro de Condolências da morte da monarca.

Em fala após assinatura do livro, Bolsonaro afirmou que o Brasil guarda a lembrança da passagem da rainha pelo país, em 1968.

No fim da tarde do mesmo dia, o presidente seguiu para o Palácio de Buckingham. O rei Charles III recebeu esta noite, em evento especial, chefes de Estado de todo o mundo.

Na manhã da segunda-feira (19/9), Bolsonaro e mais outros 500 convidados – entre chefes de Estado, autoridades e famílias reais – sairão do Hospital Real, no bairro de Chelsea, para participar de outra solenidade. O local é uma construção histórica que servirá de concentração para o deslocamento dessas personalidades até a Abadia de Westminster, onde ocorrerá a cerimônia religiosa do funeral de Elizabeth II, às 11h (horário de Londres).

Após a celebração, Bolsonaro participará de recepção oferecida pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, da Commonwealth e do Desenvolvimento do Reino Unido, James Cleverly. No fim da segunda-feira (19/9), o mandatário brasileiro seguirá para Nova York, onde discursará na abertura da 77ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS