6 outubro 2022 12:04
6 outubro 2022 12:04

Veto do Governo à PL que reconhece a necessidade do porte de armas aos agentes de trânsito foi derrubado pela ALEAC

Com a derrubada do veto, a Lei será promulgada pelo Legislativo Estadual.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Os deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) derrubaram, na última terça-feira, 13 de setembro, o veto do governador Gladson Cameli (Progressistas) ao Projeto de Lei de autoria do deputado Roberto Duarte (Republicanos), que reconhece o risco da atividade e a efetiva necessidade do porte de armas aos Agentes de Trânsito do Estado do Acre.

Com a derrubada do veto, a Lei será promulgada pelo Legislativo Estadual. De acordo com o texto, é comum ver notícias de crimes cometidos no trânsito por brigas ocasionadas por acidentes simples de trânsito, como pequenas batidas entre veículos.

“Nessas situações, os agentes de trânsito são os responsáveis por amenizar todas as situações caóticas do tráfego, sendo assim, tem sua atividade visivelmente reconhecida como de risco à sua vida, visto que, no trânsito tem pessoas com diferentes estados de comportamento”, diz o documento.

Além disso, os agentes de trânsito relatam que há situações em que sofreram ameaças de condutores de veículos, durante abordagem de pessoas que estão em desacordo com as leis do Código de Trânsito Brasileiro.

“Esse projeto é extremamente importante, pois a intenção é proteger os agentes de trânsito do nosso estado. Para que tenham segurança ao realizarem suas funções. Por isso, agradeço demais aos colegas parlamentares pela derrubada do veto. Agora aguardamos a Lei ser promulgada e entrar em vigor”, argumentou Roberto Duarte.

Fonte/ A Gazeta do Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS