22 setembro 2022 11:53
22 setembro 2022 11:53

Veja antes e depois; ladrões desmancham casa e levam portas, janelas e paredes

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma casa inteira foi desmanchada e levada por ladrões na zona leste de Londrina, região norte do Paraná. Segundo os responsáveis, o imóvel era feito de madeira de peroba-rosa, material considerado nobre. Além da madeira, o grupo levou tábuas, portas, janelas e fiação elétrica.

CLIQUE AQUI para ver o vídeo.

A casa estava vazia há dois meses e disponível para locação, de acordo com a imobiliária.

Vizinhos da casa presenciaram a demolição, mas não sabiam que se tratava de uma ação criminosa. De acordo com eles, os suspeitos desmancharam a casa com a ajuda de um caminhão.

“A impressão que dava era que chegou pessoas terceirizadas, profissionais fazendo um trabalho de demolição. Ficaram o dia todo praticamente. Encostaram o caminhão, foram desmanchando e carregando. Nem passou pela cabeça que pudesse estar acontecendo um roubo”, disse João Mendes, um dos vizinhos.

Antes e depois da casa desmanchada por ladrões em Londrina — Foto: RPC/Reprodução

Não é o 1° caso, diz dono da imobiliária

Otávio Frederico Scandelae, dono da imobiliária responsável pelo imóvel, colocou um cartaz pedindo providência das autoridades. De acordo com ele, não é a primeira vez que a situação acontece na região.

Segundo Scandelae, no início do ano outra casa da zona leste da cidade também foi desmanchada por criminosos.

Dono da imobiliária responsável pelo imóvel, colocou um cartaz pedindo providência das autoridades. — Foto: Reprodução/RPC

A Polícia Militar reforçou a importância do registro do crime por meio de Boletim de Ocorrência e informou que atua de forma preventiva para evitar esse tipo de furto.

De acordo com dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná (SESP/PR), o Paraná registrou 8.449 furtos em residências nos três primeiros meses de 2022. Desses, 440 aconteceram na cidade de Londrina.

Segundo Boletim de Ocorrência, outra casa foi desmanchada no início do ano em Londrina. — Foto: Reprodução/RPC

G1

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS