26 setembro 2022 1:05
26 setembro 2022 1:06

Tragédia: Acidente com vítima fatal na BR-364 em Rio Branco

As vítimas Anderson e Lívia ficaram caídas no asfalto, sendo socorridos por populares que passavam no local, e acionaram o Serviço Móvel de Urgência (Samu)

Por Angélica Florêncio/Com informações James Silva

- Publicidade -

Um grave acidente automobilístico foi registrado BR-364, km 02, na noite desta terça-feira (20). O local é situado na região do Segundo Distrito da capital, na estrada que liga Rio Branco a Porto Velho.

De acordo com informações, o motociclista Anderson Felipe da Silva, de 24 anos, trafegava em uma moto, de cor preta, placa NCX-9F63, sentido Porto Velho/Rio Branco, quando na altura do km 02, a moto colidiu na traseira de uma caçamba que fazia o mesmo percurso e seguia na mesma direção.

Vítima Lívia Silva Souza, de 19 anos, sendo colocada na viatura do Samu. Foto: James Silva/Ecos da Notícia

Na colisão, o motociclista e a garupa, identificada por Lívia Silva Souza, de 19 anos, foram arremessados da motocicleta e a moto ficou presa no para-choque da caçamba, que seguiu viagem. Segundo informações, o motorista da caçamba rebocava outro caminhão que estava com problemas mecânicos, ambas estavam carregadas de barros.

O condutor da caçamba sentiu o impacto na traseira do veículo, porém, achou que seria barulho que teria vindo dos veículos, já que uma estaria puxando a outra. Então, continuou o percurso, sem imaginar que se tratava de uma colisão. Como o barulho persistiu, o motorista resolveu parar e verificar, o mesmo achava que se tratava de uma roda danificada.

Caçamba, de cor branca, placas JME-1853. Foto: James Silva/Ecos da Notícia

Ao descer da boleia do caminhão e caminhar até a parte de trás do veículo, o condutor avistou a moto presa as ferragens que protege a traseira da caçamba.

As vítimas Anderson e Lívia ficaram caídas no asfalto, sendo socorridos por populares que passavam no local, e acionaram o Serviço Móvel de Urgência (Samu), que deslocou a ambulância de suporte básica (07), para atender e prestar os primeiros atendimentos aos feridos no local

Viaturas do Samu que foram enviadas para a ocorrência. Foto: James Silva/Ecos da Notícia

Ao chegar, os paramédicos verificaram a gravidade das vítimas e decidiram acionar a viatura (01) de suporte avançado, que rapidamente chegou no local para dar suporte aos demais socorristas. Após começar os atendimentos, os paramédicos precisaram acionar mais uma viatura para dar apoio, desta vez, a ambulância 06 foi enviada até o local.

O piloto da motocicleta, que estava em estado mais grave, foi atendido pela equipe da viatura 07, que realizaram todas as tentativas para estabilizar a vítima dentro da ambulância. Após alguns minutos de atendimento, o jovem não resistiu e morreu dentro da viatura do Samu.

Caçamba que rebocava a outra com problemas mecânicos. Foto: James Silva/Ecos da Notícia

Já a garupa, Lívia Silva, foi estabilizada e entubada no local, e em seguida foi encaminhada ao Pronto-socorro de Rio Branco, em estado de saúde grave.

Durante o atendimento ao rapaz, um grupo de evangélicos estenderam os braços em direção a ambulância que ele estava sendo atendido e começaram a orar pela saúde do jovem, já que ele e a moça que estava na garupa, eram membros de uma igreja evangélica.

Amigos e familiares intercedendo pela vida de Anderson após o grave acidente. Foto: James Silva/Ecos da Notícia

Conforme informações da médica do Samu, o condutor da moto, teve fraturas extensas, perdeu muito sangue pela exposição óssea (fratura exposta) e também uma hemorragia interna. Ela afirma que a equipe tentou reverter o quadro, mas não obteve êxito.

Vítima fatal Anderson Felipe da Silva, de 24 anos. Foto: Cedida

Com relação à garupa, a médica relatou que ela teve um TCE (Traumatismo Craniano Encefálico), de natureza grave, onde teve uma diminuição de nível de consciência, precisando ser entubada para conter os avanços do trauma. A vítima foi entregue no setor de cirurgias para realizar os procedimentos pelos médicos plantonistas.

A Polícia Rodoviária Federal estava no local, onde fez o isolamento da área até a chegada dos peritos de trânsito. O corpo do rapaz foi conduzido pelo Samu até a sede do Instituto Médico Legal (IML), onde foi entregue as autoridades para dar continuidade aos procedimentos de praxe e realização da necropsia.

Veja o Vídeo:

 

 

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS