5 outubro 2022 3:22
5 outubro 2022 3:22

Tesouro enterrado em baixo do piso da cozinha é encontrado por casal na hora da reforma

O tesouro tem moedas de ouro de quase 300 anos atrás.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um casal sortudo ficou milionário depois de encontrar um tesouro enterrado em casa, contendo 260 moedas de ouro britânicas. Elas estavam embaixo do piso da cozinha do imóvel que eles compraram. As preciosidades, de quase 300 anos atrás, estavam escondidas em um pequeno pote de metal.

Dentro dele havia £ 100.000 em ouro – no dinheiro de hoje, mas como são relíquias numismáticas do passado da Grã-Bretanha, leiloeiros acreditam que a coleção possa valer até £ 250.000, mais de R$ 1,3 milhão.

O casal se mudou recentemente para a casa, uma propriedade do século 18 em Ellerby, North Yorkshire, na Inglaterra. E durante uma reforma na cozinha, eles descobriram o tesouro dos reinados de James I a George I.

Tesouro notável”

Isso aconteceu há dois anos e, na época, o casal acreditou que fossem ruínas da fiação elétrica, mas quando descobriram o pote ficaram de queixo caído.

Aí, eles chamaram um leiloeiro de Londres, Spink & Son, para ajudar a avaliar as misteriosas moedas brilhantes.

O leiloeiro Gregory Edmund disse que o tesouro notável é diferente de qualquer achado na arqueologia britânica e de qualquer leilão de moedas na memória viva.

Ele explicou que as moedas de £ 50 e £ 100, enterradas misteriosamente, nunca foram recuperadas pelo ex-proprietário da casa, que era um homem rico.

E que, sem dúvida, a propriedade pertenceu a uma das famílias mais ricas daquela área – Joseph e Sarah Fernley-Maisters.

Não confiavam em deixar dinheiro no banco

Eles se casaram em 1694 e foram talvez a família mercantil mais influente nas proximidades no final do século XVI ao século XVIII. Trabalhavam como importadores e exportadores de minério de ferro, madeira e carvão do Báltico.

O fato de terem enterrado as moedas, de acordo com leiloeiro Edmond, mostra que os Fernley-Maisters desconfiavam do recém-formado Banco da Inglaterra, porque eles optaram por esconder tantas moedas que datam da Guerra Civil Inglesa.

E algumas se destacam como únicas. Tem um George I guiné de 1720, sem a cabeça do rei. Outra moeda de ouro é brasileira e foi cunhada em 1720. Ela circulou em estado de proscrição, na Inglaterra, naquela época.

Podem ser leiloadas

Coincidentemente, como estipula a Lei do Tesouro de 1996, qualquer moeda de ouro ou prata cunhada de 300 anos atrás torna-se propriedade do governo e é comprada do descobridor a um preço justo de mercado para colocação em um museu.

Todas, exceto uma das moedas, foram cunhadas há cerca de 292 anos, tornando-as não um tesouro e, portanto, passíveis de serem leiloadas.

O pote com o tesouro estava enterrado embaixo do piso da cozinha - Foto: Spink and Son

O pote com o tesouro estava enterrado embaixo do piso da cozinha – Foto: Spink and Son.

 

Fonte/ Portal R7

 

 

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS