30 setembro 2022 4:39
30 setembro 2022 4:39

Suspeito de abuso e roubo, homem é preso por aplicar golpe do falso emprego

Ele atraía mulheres com anúncios de trabalho em sites e as levava para imóveis alugados sob o pretexto de que fariam entrevista.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um homem foi preso suspeito de estuprar e roubar uma mulher após aplicar golpe do falso emprego na tarde da última sexta-feira (16), em Campinas, no interior de São Paulo.

De acordo com a Polícia Civil, o acusado era investigado por ao menos dois casos na região.

O suspeito de 22 anos publicava falsas vagas de empregos em sites de anúncios, entre eles o OLX, e atraía mulheres. Ele combinava as entrevistas em imóveis alugados.

No local, ele as estuprava, ameaçava as vítimas com facas e também roubava os pertences, como celular, dinheiro e outros bens.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a mulher de 24 anos procurava emprego, viu o anúncio e se candidatou. O suspeito entrou em contato e agendou uma entrevista.

Na quinta-feira (15), ele foi até a rua Mário Augusto do Carmo, na Vila Prudente. A jovem foi levada para um cômodo vazio e ameaçada com canivete, foi estuprada e teve o celular roubado.

Assim que o agressor fugiu, a vítima acionou a Polícia Militar, que a conduziu ao pronto socorro da Vila Alpina e depois à delegacia. Após o registro do boletim de ocorrência, foi orientada a ir ao Hospital Pérola Byington.

No início das investigações, os agentes descobriram que as salas comerciais são alugadas pela plataforma Airbnb.

Os policiais conseguiram reunir provas e a localização do suspeito. Após diligências, o homem foi encontrado na cidade de Campinas e detido.

Além da denúncia, ele é investigado por outro caso de estupro na região da Vila Alpina. O suspeito também possui antecedentes criminais por estelionato. O caso será registrado no 56º Distrito Policial.

Em nota, a OLX informou que “está à disposição e em contato com as autoridades para colaborar na apuração dos fatos”.

Nota:

O Airbnb apurou o caso e esclarece que a reserva não foi feita por meio da plataforma Airbnb.

Fonte/ Portal R7

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS