7 outubro 2022 3:00
7 outubro 2022 3:00

“Se foi um fiasco, deixa eu mostrar”, diz Bolsonaro sobre discurso na ONU

Ministro Benedito Gonçalves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibiu que presidente use trechos do discurso na campanha eleitoral

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O presidente Jair Bolsonaro (PL), em entrevista ao apresentador Sikêra Júnior, da TV A Crítica, falou sobre a proibição do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de exibir imagens do seu discurso na Organização das Nações Unidas (ONU) na campanha eleitoral.

“Se foi um fiasco, deixa eu mostrar meu fiasco”, afirmou. Decisão liminar do ministro Benedito Gonçalves desta quinta-feira (22/9) desautoriza a campanha de Bolsonaro de utilizar vídeos captados de forma pública ou particular da fala do mandatário na Assembleia-Geral da ONU, realizada na terça-feira (20/9), em Nova York (EUA).

Em caso de descumprimento, foi fixada multa de R$ 20 mil por peça de propaganda ou postagem feita por qualquer meio. Corregedor-geral do TSE, Gonçalves já havia proibido o uso de vídeos com discurso de Bolsonaro na embaixada brasileira de Londres, onde o presidente foi participar do funeral da rainha Elizabeth II.

O ministro considerou que o uso das imagens na propaganda eleitoral tenderia a ferir a isonomia entre os candidatos, pois faria com que a atuação do Chefe de Estado, em ocasião inacessível a qualquer dos demais competidores, fosse explorada para projetar a imagem do candidato

Bolsonaro voltou a criticar a atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e afirmou que “em breve o Brasil voltar à normalidade” e os chamados por ele de “excessos” devem acabar.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS