2 outubro 2022 8:36
2 outubro 2022 8:36

São Paulo ganha respiro, e Ceni terá tempo raro de preparação para final da Sul-Americana

A folga no calendário poderá trazer dois reforços para Ceni, pensando na final da Sul-Americana.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

São duas semanas, com dois jogos (Avaí e Del Valle); time folga dois dias e volta na quarta-feira

O São Paulo, enfim, vai respirar. Time que mais entrou em campo na temporada entre os clubes da Série A, com 65 partidas, a equipe terá duas semanas consecutivas livres de preparação para dois compromissos.

Rogério Ceni, enfim, ganhou um tempo inédito para pensar na final da Copa Sul-Americana.

A comissão técnica deu dois dias de folga, e o elenco só retorna ao trabalho na quarta-feira, iniciando a preparação para o jogo de domingo contra o Avaí. A bola rola a partir das 16h (de Brasília), no Morumbi, no último compromisso são-paulino antes da decisão do dia 1, contra o Del Valle, na Sul-Americana.

Segundo primeiro planejamento, após o jogo contra o Avaí, o elenco descansa na segunda-feira e começa os treinamentos para o confronto decisivo em Córdoba somente na terça-feira. Pela primeira vez na temporada, Ceni conseguirá conciliar descanso e treinamento, além de recuperar atletas.

O próprio treinador comemorou a rara folga no calendário no último domingo, em entrevista concedida no estádio Castelão, depois da vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, pelo Brasileirão.

– É um momento praticamente único, então esperamos recuperar jogadores e treiná-los. Ainda não saímos com nenhum lesionado neste domingo, o que era uma preocupação – comentou Ceni.

O jogo contra o Ceará encerrou uma maratona de 31 partidas em 106 dias, o que dá um jogo a cada 3,5 dias. Desde junho, Ceni não tem uma semana inteira para preparar o time para um embate na temporada.

A folga no calendário poderá trazer dois reforços para Ceni, pensando na final da Sul-Americana. O volante Luan, que aprimora a forma física, e o meia André Anderson, em recuperação de dores musculares, podem ganhar espaço nos treinamentos.

O meia, que não atua desde junho, treinou normalmente no último sábado e está mais próximo do retorno.

Luan é outro que também pode figurar nas listas de relacionados futuras, inclusive pensando no jogo de domingo contra o Avaí, no Morumbi. O volante não joga desde junho, assim como André Anderson.

O próprio treinador comemorou a rara folga no calendário no último domingo, em entrevista concedida no estádio Castelão, depois da vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, pelo Brasileirão.

– É um momento praticamente único, então esperamos recuperar jogadores e treiná-los. Ainda não saímos com nenhum lesionado neste domingo, o que era uma preocupação – comentou Ceni.

O jogo contra o Ceará encerrou uma maratona de 31 partidas em 106 dias, o que dá um jogo a cada 3,5 dias. Desde junho, Ceni não tem uma semana inteira para preparar o time para um embate na temporada.

A folga no calendário poderá trazer dois reforços para Ceni, pensando na final da Sul-Americana. O volante Luan, que aprimora a forma física, e o meia André Anderson, em recuperação de dores musculares, podem ganhar espaço nos treinamentos.

O meia, que não atua desde junho, treinou normalmente no último sábado e está mais próximo do retorno.

Luan é outro que também pode figurar nas listas de relacionados futuras, inclusive pensando no jogo de domingo contra o Avaí, no Morumbi. O volante não joga desde junho, assim como André Anderson.

G1

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS