26 setembro 2022 4:03
26 setembro 2022 4:03

Rafael Nadal e a emocionante carta escrita para a Roger Federer após anúncio de aposentadoria: ‘Meu amigo e rival’

Twitter Facebook Messenger Pinterest e-mail Lenda do esporte, Roger Federer anunciou aposentadoria nesta quinta-feira (15) aos 41 anos.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Aos 41 anos, a lenda do tênis mundial Roger Federer anunciou sua aposentadoria das quadras nesta quinta-feira. O suíço irá encerrar sua carreira após a disputa da Laver Cup, competição amistosa que reúne tenistas de todo o mundo, e que será disputada em Londres, de 23 a 25 deste mês, e terá transmissão pela ESPN no Star+.

Dono de 20 títulos de Grand Slam, Federer alegou estar sofrendo com lesões e cirurgias nos últimos três anos. Ele foi homenageado por fãs, tenistas, atletas e ex-atletas nas redes sociais.

Rafael Nadal, um dos maiores rivais do suíço, publicou uma emocionante carta em seu Instagram dizendo que foi um “prazer, uma honra e um privilégio” dividir as quadras com Roger Federer nas últimas duas décadas.

Os dois disputaram três finais seguidas de Wimbledon entre 2006 e 2008 e protagonizaram uma das maiores rivalidades da história do tênis. A última, única vencida pelo espanhol, é considerada por muitos fãs do esporte como a melhor partida de todos os tempos. O clássico ganhou até apelido: ‘Fedal’.

Rafael Nadal, um dos maiores rivais do suíço, publicou uma emocionante carta em seu Instagram dizendo que foi um “prazer, uma honra e um privilégio” dividir as quadras com Roger Federer nas últimas duas décadas. Foto: Arquivo retirada da internet.

Querido Roger, meu amigo e rival. Eu desejava que este dia nunca chegasse. É um dia triste para mim, pessoalmente, e para os esportes por todo o planeta. Tem sido um prazer, uma honra e um privilégio compartilhar todos estes anos com você, viver momentos tão incríveis dentro e fora de quadra”, disse o espanhol.

”Nós teremos muito outros momentos para compartilhar juntos no futuro. Há muitas coisas a serem feitas juntos, sabemos disso. Por agora, eu desejo sinceramente toda a felicidade com sua esposa, Mirka, seus filhos, sua família e aproveite o que virá pela frente. Nos vemos em Londres, na Laver Cup”, disse Nadal em outro trecho da publicação.

Confira a reação do mundo do tênis ao anúncio de aposentadoria de Roger Federer:

“Roger foi um dos meus ídolos e uma fonte de inspiração. Obrigado por tudo o que fez pelo nosso esporte. Ainda quero jogar contra você. Te desejo muita sorte no futuro”, escreveu Carlos Alcaraz.

“Te amo, Roger. Obrigado por tudo o que fez pelo tênis e por mim mesmo. O tênis nunca será o mesmo sem você”, disse Juan Martín del Potro.

“Obrigado pelas memórias compartilhadas. Foi uma honra compartilhar tempo e experiências nas quadras mais sagradas do esporte”, comentou Andy Roddick.

“Você é o campeão dos campeões. Tem o jogo mais completo de sua geração e ganhou o coração dos fãs do esporte do mundo inteiro com sua incrível rapidez na quadra e um poderoso espírito tenístico. Teve uma carreira histórica com memórias que vão perdurar. Te desejamos o melhor agora que você segue seu caminho”, declarou Billie Jean King.

“Que mensagem mais sincera, cheia de amor, vida, de esperança, paixão e gratidão! Exatamente como o tênis que Roger jogava e que amamos tanto. Obrigada, obrigada, obrigada por toda a magia”, escreveu Martina Navratilova.

“Obrigado por tudo, Roger. Até logo. Foguete”, disse Rod Laver.

“Lenda do tênis”, declarou a conta oficial de Roland-Garros no Twitter, acompanhando uma foto do tenista em uma quadra de saibro.

“Você mudou o tênis”, escreveu a conta de ATP no Twitter.

“Foi uma sorte estar entre as testemunhas de sua jornada e ver como se tornou um campeão em toda a expressão da palavra. Tudo o que podemos dizer é obrigado, pelas memórias e por tanta felicidade que nos deu”, afirmou a conta de Wimbledon no Twitter.

“A definição de grandeza. O fim de uma era”, escreveu a conta de WTA no Twitter, acompanhando uma foto de Federer ao lado de Serena Williams.

“Um atleta imenso. Uma carreira incrível. Obrigado por tudo. Vamos sentir sua falta”, declarou a conta dos Jogos Olímpicos no Twitter.

“Rafael não teria sido tão forte sem Roger Federer. Sempre tinha que elevar seu nível. Junto com Djokovic, cada um deles fez o nível de jogo dos outros evoluir. É um dia ruim para os amantes do tênis. Tenho um filho que admira muito o Federer, que esperava seu retorno e agora sabemos que é seu último jogo. Tinha a combinação perfeita entre a eficiência e a classe”, disse Toni Nadal ao site da RMC Sport.

Fonte/ Portal espn.com

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS