7 outubro 2022 1:57
7 outubro 2022 1:57

Polícia Federal prende empresário investigado por fraude em licitações

Defesa do empresário informou que quando tiver acesso ao processo, deve esclarecer o ocorrido.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um empresário do ramo de publicidade do Acre, investigado por fraudes em licitações, foi preso na tarde desta quinta-feira, 22, em Rio Branco, durante cumprimento de mandado de prisão preventiva pela Polícia Federal (PF) e o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Acre (Gaeco).

A defesa do empresário informou a A GAZETA que quando tiver acesso ao processo, deve esclarecer o ocorrido.

A decretação da prisão, de acordo com a PF, ocorreu devido o descumprimento de medida cautelar imposta pelo Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC)que determinava a proibição de contratação com o Poder Público, seja como pessoa física, seja como representante legal de pessoa jurídica, enquanto perdurar o trâmite dos autos. O mandado foi expedido pelo Juízo da Comarca de Xapuri.

Esta não é a primeira vez que o empresário é preso. Em 2017, ele foi alvo da Operação Cartas Marcadas, deflagrada pelo MP-AC em conjunto com a Polícia Civil. Já no início de setembro, em investigação da PF, foram cumpridos mandados na casa dele, por suspeita agir de forma semelhante.

No dia 8 de setembro, foi deflagrada a segunda fase da Operação Busdoor, que investiga fraudes em licitações da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre). E sobre o empresário recai a suspeita de fazer parte da cúpula de uma organização responsável por fraude em licitações, peculato e lavagem de dinheiro.

A Gazeta do Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS