21 setembro 2022 2:32
21 setembro 2022 2:32

Pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil estão no Acre para vistoria e avaliação de áreas de risco

Estudos do solo e dos rios da região serão realizados

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma parceria do Governo Federal, por meio do Serviço Geológico do Brasil, com a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) possibilitou que pesquisadores realizassem vistorias na cidade de Rio Branco e no rio Acre, na manhã desta quarta-feira, 21.

Os técnicos utilizavam barcos e caminhonetes para o deslocamento. Até um drone foi usado na captação de imagens. O objetivo do levantamento é identificar os riscos geológicos, de desmoronamento, e danos hidrológicos, no rio Acre, e igarapé São Francisco.

“O Serviço Geológico do Brasil vai permanecer no estado até o dia 27 desse mês realizando os levantamentos

Um relatório será produzido pela Defesa Civil de Rio Branco e os pesquisadores para solicitar a liberação de recursos junto ao Governo Federal. A verba seria destinada a remoção de famílias em áreas de risco e a recuperação da poluição de rios e igarapés do Acre.

“O Serviço Geológico do Brasil vai permanecer no estado até o dia 27 desse mês realizando os levantamentos. Em seguida vamos trabalhar na produção de um relatório que vai servir para o Governo Federal avaliar melhor a realidade de cada região”. Informou Elton Andretta, pesquisador.

Um relatório será produzido pela Defesa Civil de Rio Branco e os pesquisadores para solicitar a liberação de recursos junto ao Governo Federal.

O coordenador da COMDEC, Tenente-Coronel Cláudio Falcão, ressaltou a importância da parceria com o órgão federal para identificação das áreas de risco e posterior vinda de recursos da união.

“A Defesa Civil de Rio Branco e o Corpo de Bombeiros estão dando todo apoio logístico necessário para os pesquisadores desenvolverem seus trabalhos com segurança e tranquilidade”, disse.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS