3 dezembro 2022 7:39
3 dezembro 2022 7:39

Paulo Guedes: dado de 33 milhões passando fome é número ‘completamente despropositado

"No mundo em que a guerra empobreceu os mais frágeis, o Brasil está reduzindo a pobreza. Ou é narrativa política ou é um trabalho mal feito", disse Guedes

Por Correio Braziliense

- Publicidade -

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (28/9), durante a participação no programa Pânico, que a pesquisa que apresenta 33 milhões de brasileiros passando fome é uma narrativa política ou é um trabalho mal feito. Segundo ele, o número e “completamente despropositado”.

“Não posso acreditar nisso porque eu digitalizei 38 milhões de pessoas. O Ipea fez um trabalho e disse que o teto disso seria 7 milhões. No mundo em que a guerra empobreceu os mais frágeis, o Brasil está reduzindo a pobreza. Ou é narrativa política ou é um trabalho mal feito. Se tivéssemos 33 milhões de brasileiros passando fome nós estávamos na pandemia. O dado de 33 milhões passando fome é um número completamente despropositado”, disse o ministro.

Guedes ainda declarou que o Brasil está apoiando a entrada de todos os países nos Brics e na OCDE. Segundo ele, o País deve “dançar com todo o mundo”. Questionado sobre o apoio do Brasil à Rússia, o ministro da Economia afirmou que o governo condenou a invasão à Ucrânia.

Segundo Guedes, mesmo com uma recessão mundial, o Brasil vai continuar a crescer porque tem uma dinâmica própria por ser um país continental.

“Vem recessão mundial, mas não se deixem abater”, disse o ministro.

Ele ainda afirmou que algumas decisões políticas são tomadas para estimular alguns mercados específicos. Um exemplo disso é a redução de impostos para a compra de videogames e jogos.

Críticas a Ciro Gomes

O ministro da Economia ainda afirmou que votou em Ciro Gomes quando ele concorreu contra Fernando Henrique Cardoso, que tentava a reeleição. Segundo Guedes, a indignação de Gomes sempre chamou sua atenção. Entretanto, o ministro disse que não concorda com as ideias econômicas do atual candidato pelo PDT.

“No mandato de FHC quando ele quis ser reeleito, votei no Ciro. O problema do Ciro é que ele cismou que é economista”, disse o ministro.

Guedes diz que é contra a reeleição, entretanto, para ele, “com quase 30 anos de governos de esquerda”, Bolsonaro merece ser reeleito.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS