29 setembro 2022 6:21
29 setembro 2022 6:21

Pacote com anúncios: Netflix espera alcançar 40 milhões de assinantes

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um documento oficial obtido pelo The Wall Street Journal aponta que a Netflix espera alcançar 40 milhões de contratantes do seu novo plano de assinatura com anúncios.

No relatório, que foi compartilhado com compradores de anúncios, a plataforma estima a chegada de pelo menos 4,4 milhões de “espectadores únicos” até o final do ano, quando a nova opção por assinatura deve ser lançada.

O novo pacote da Netflix suportado por anúncios deve ser lançado em 1º de novembro em vários países, informou a Variety no início de setembro, citando fontes do setor. O serviço deve estrear primeiro em países como EUA, Canadá, Reino Unido, França e Alemanha.

A gigante do streaming está avançando em sua janela de lançamento para se antecipar ao novo nível suportado por anúncios do Disney Plus , que será lançado em 8 de dezembro. Foi relatado anteriormente que a nova opção de assinatura da Netflix seria lançada antes do final do ano, embora a Bloomberg tenha sugerido que um lançamento mais amplo possa ocorrer no início de 2023.

A Netflix com anúncios custará nos EUA entre US$ 7 e US$ 9 por mês, aproximadamente metade do plano padrão atual da empresa, que custa US$ 15,50 no país. Os anúncios não serão exibidos durante os programas infantis e os assinantes não poderão baixar conteúdo para visualização offline.

Perda de assinantes

Conforme revelado pela Netflix em um balanço financeiro de julho, a empresa perdeu 970 mil assinantes no segundo trimestre de 2022. A perda já é a maior da história da companhia de streaming, superando em quase 4 vezes o déficit registrado de janeiro a março deste ano, quando outros 200 mil usuários deixaram a plataforma.

Mesmo com as perdas acumulando 1,2 milhão nos primeiros 6 meses de 2022, a companhia ainda totaliza 220,67 milhões de assinantes em todo o mundo. O volume remanescente faz com que a gigante do streaming de séries e filmes afirme que os números são “melhor do que o esperado” na base de assinantes.

Fonte: Yahoo!

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS