26 novembro 2022 5:02
26 novembro 2022 5:02

Oceano Pacífico: Ilha “bebê” aparece após erupção de vulcão subaquático

Nova ilha surgiu no Sudoeste do Oceano Pacífico, onde os vulcões subaquáticos são abundantes

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

As Ilhas Centrais de Tonga deram as boas-vindas ao nascimento de um novo bebê – quer dizer, uma ilha bebê.

A nova ilha surgiu no Sudoeste do Oceano Pacífico, onde os vulcões subaquáticos são abundantes. Um desses vulcões submersos despertou em 10 de setembro, expelindo lava, vapor e cinzas, de acordo com um comunicado do Observatório da Terra da Nasa.

Apenas onze horas depois que o vulcão começou a entrar em erupção, uma nova ilha surgiu acima da superfície da água, diz a Nasa, que capturou imagens da ilha nascente com satélites.

A ilha recém-nascida cresceu rapidamente em tamanho, de acordo com a agência espacial norte-americana. Em 14 de setembro, pesquisadores dos Serviços Geológicos de Tonga estimaram que a ilha cobria apenas 4.000 metros quadrados – cerca de um acre. Mas em 20 de setembro, a ilha cresceu para cobrir 24.000 metros quadrados, ou cerca de 6 acres.

A nova ilha fica no monte submarino Home Reef nas Ilhas Centrais de Tonga, a Sudoeste da Ilha Late do arquipélago.

Talvez seja melhor não se apegar muito à ilha bebê: as ilhas criadas por vulcões submarinos “geralmente têm vida curta”, diz a Nasa. Mas às vezes as ilhas efêmeras podem persistir por anos ou mesmo décadas.

O vulcão Home Reef ainda estava em erupção na sexta-feira (23), de acordo com uma postagem no Facebook dos Serviços Geológicos de Tonga. Mas a atividade do vulcão “representa baixo risco para a Comunidade de Aviação e os moradores de Vava’u e Ha’apai”, dois grupos de ilhas no centro de Tonga.

Nenhuma cinza visível nas últimas 24 horas foi relatada”, acrescentou a agência. “Todos os marinheiros são aconselhados a navegar além de 4 km do Home Reef até novo aviso”.

Fonte: CNN Brasil

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS