25 novembro 2022 8:55
25 novembro 2022 8:55

“Nosso maior desafio é superar a pobreza” diz Marcio Bittar no Benfica

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O senador licenciado e candidato ao governo do Acre pelo União Brasil, Marcio Bittar, disse na noite do último sábado, 25, no Polo Benfica, que o maior desafio do próximo governador será diminuir a pobreza que assola metade da população acreana.

Ele falou a uma plateia de aproximadamente 250 pessoas, reunidas pelo candidato a deputado estadual Zé Lopes.

Durante o minicomício, Bittar lembrou da importância da reeleição do presidente Jair Bolsonaro. “Sem o governo federal, o Acre não consegue fazer uma ponte sequer”, pontuou.

O candidato do União Brasil também falou sobre suas ações no Senado, bem como do seu empenho como relator do orçamento da União, período em que conseguiu liberar para o Estado cerca de R$ 1,3 bilhão.

Ele citou obras importantes que serão construídas na capital e nos municípios do interior, a partir de suas iniciativas no Senado. Entre elas mencionou viadutos, estradas, pontes e investimentos em saúde.

“Sem o apoio do governo federal e o empenho do atual presidente da República, muito pouco conseguiríamos para o Estado”, assegurou.

Marcio Bittar criticou ainda a legislação ambiental, que na Amazônia trava o desenvolvimento obrigando a preservação de 80% da propriedade rural.

Para Marcio Bittar, a pobreza só pode ser superada com produção, emprego e geração de renda – coisas que no Acre foram prejudicadas pelos ambientalistas de esquerda.

Defensor de uma legislação mais justa com o produtor rural da região amazônica, atualmente prejudicado pelo excesso de regras que travam a exploração dos recursos naturais, Bittar tem falado ainda sobre o aumento da pobreza no Estado.

“Temos uma juventude ociosa por falta de oportunidades e fazemos fronteira com dois dos maiores produtores de cocaína do mundo – a Bolívia e o Peru. A junção desses fatores criou um ambiente propício à explosão da violência e proporcionou ao tráfico uma farta mão de obra”, lamentou.

Para Bittar, essa situação pode ser contornada com o desenvolvimento econômico, a partir do esforço de representantes políticos capazes e comprometidos com a mudança.

“O que temos a oferecer ao eleitor é a proposta de um governo tecnicamente qualificado, com capacidade para enfrentar e resolver os graves problemas que vemos se acumularem durante as últimas décadas”, disse.

Segundo Zé Lopes, candidato a deputado estadual pelo PL, o evento teve por objetivo reforçar a importância de eleger aliados do presidente Bolsonaro.

Fonte/ O Jornal a Gazeta

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS