6 outubro 2022 11:16
6 outubro 2022 11:16

No interior, acusado de ‘tocar o terror’ e exibir armas na internet é preso em Manoel Urbano

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Há semanas que o acusado de homicídio Advilson Pacheco Domingos vinha sendo procurado por ‘tocar o terror’ no município de Tarauacá, e como forma de debochar da própria polícia, publicava vídeos nas redes sociais exibindo armas de grosso calibre de uso exclusive das forças de segurança.

Na noite dessa quinta-feira, 8, encurralado numa das ruas de Manuel Urbano, acabou preso por investigadores da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) com o apoio da polícia local. Ele estava em companhia de dois menores com um colete balístico, pistola automática e droga para o consumo pessoal.

Advilson, conhecido por “Pachequinho”, tinha prisão preventiva decretada pela justiça de Tarauacá, onde praticou um homicídio. A polícia o acusa de formar um bando na cidade que vivia tocando o terror em alguns bairros da periferia da terra do abacaxi gigante.

Diante a situação, um grupo de investigadores da capital se deslocou para o município que fica a 400 quilômetros de Rio Branco para prender o bandido, que vez por outra, como forma de afrontar a polícia exibia vídeos nas redes sociais portando arma. Ele manuseava uma espingarda calibre 12 do tipo repetição.

Ao saber que os policiais estavam na cidade para prendê-lo, fugiu para Manuel Urbano, onde também tinha cargo de liderança numa facção criminosa. Na noite de ontem, durante um cerco, com o apoio da Polícia Civil local, não teve como escapar da prisão e se entregou pacificamente sem esboçar nenhuma reação. Ele tinha em seu poder um colete balístico do sistema penitenciário do Acre, uma pistola 9mm, droga para uso pessoa e se faziam acompanhar de dois adolescentes. Dado à sua periculosidade deverá ser recolhido a um presídio da capital.

Fonte: 24 Horas

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS