4 outubro 2022 7:52
4 outubro 2022 7:52

No Afeganistão ao menos 6 morrem após atentado suicida a embaixada Russa

Este é o primeiro ataque com bomba contra uma missão estrangeira desde que o Talibã tomou o poder em agosto de 2021.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Dois funcionários da embaixada russa em Cabul, capital do Afeganistão, e quatro afegãos morreram nesta segunda-feira, 05 de setembro, em um atentado com bomba nos arredores da embaixada da Rússia. Além dos seis mortos confirmados até então, cerca de 11 pessoas ficaram feridas, de acordo com o noticiado por agencias internacionais. Este é o primeiro ataque contra uma missão estrangeira desde que o Talibã tomou o poder em agosto de 2021. Em uma iniciativa suicida, o agressor detonou uma carga explosiva perto da entrada da embaixada.

Vista aérea da cidade de Kabul, capital do Afeganistão. Foto: Reprodução.

Em entrevista coletiva, o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, categorizou a ação como um “ataque terrorista”: “Agora, o importante é obter a informação do lugar dos fatos, sobre o que aconteceu com nossos representantes, nossos diplomáticos”. Nenhum grupo armado reivindicou a autoria do ataque à embaixada russa até a publicação deste texto. Mas diversos ataques com bomba, abalaram o país do Oriente Médio nos últimos meses e a maioria deles são reivindicados pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que visa principalmente comunidades minoritárias, como xiitas, sufis e sikhs. Embora o EI seja um grupo islâmico sunita, como o Talibã, ambos são rivais e têm ideologias diferentes.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS