2 outubro 2022 10:11
2 outubro 2022 10:11

Nasa encontra sinal de possível vida microbiana antiga em Marte

O Perseveranceda Nasa coletou uma das amostras "mais preciosas", que contêm potenciais bioassinaturas da existência de vida passada

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O rover da Nasa coletou uma das amostras “mais preciosas” até o momento, que contêm potenciais bioassinaturas da existência de vida passada. O material ainda precisa ser analisado na Terra, anunciou a agência espacial norte-americana na quinta-feira (15/9).

Dois cortes foram feitos perfurando uma rocha batizada de Wildcat ridge, com tamanho de cerca de um metro e que estava localizada em um delta que se formou há cerca de 3,5 bilhões de anos no cruzamento entre um rio e um antigo lago.

Material virá para a Terra

Para os especialistas, a rocha é particularmente interessante porque é um fragmento sedimentar, que parece ter se formado quando a água do lago evaporou.

É a melhor chance até hoje de se detectar uma possível vida microbiana antiga em Marte. Ainda de acordo com a Nasa, uma bioassinatura pode ter sido produzida pela presença de vida, mas também em sua ausência.

Para considerá-la como definitiva, as amostras devem ser analisadas por instrumentos de laboratório potentes na Terra.

A previsão é de que este conteúdo seja enviado para cá por meio de outra missão antes de 2033.

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS