2 outubro 2022 8:09
2 outubro 2022 8:09

Mourão relembra 11 de Setembro e diz que democracia está “intocada”

Os atentados de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos, que deixaram cerca de 3 mil mortos, completam 21 anos neste domingo (11/09)

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) se manifestou, neste domingo (11/9), sobre o aniversário dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, que deixou cerca de 3 mil mortos após a derrubada das torres do World Trade Center.

“Relembro com pesar quando assisti ao atentado terrorista às Torres Gêmeas, nos EUA, há 21 anos, com o objetivo de abalar os valores ocidentais da democracia”, disse o general no Twitter. “Hoje, continuamos mais fortes ainda e com os valores democráticos intocados. Minha solidariedade às famílias das vítimas”, pontuou.

Relembre

Os atentados de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos, completam 21 anos neste domingo (11/9). Na ocasião, terroristas da Al-Qaeda, comandada por Osama bin Laden, lançaram aviões contra os dois prédios do World Trade Center, conhecido como as Torres Gêmeas, em Nova York.

Cerca de 3 mil pessoas, incluindo 227 civis e 19 sequestradores dos aviões, morreram com a colisão. Todos os anos, americanos se reúnem no local das antigas torres para homenagear as vítimas.

Além das mortes, milhares de pessoas desenvolveram câncer e doenças de pulmão, devido à nuvem tóxica que planou durante semanas sobre o sul da cidade.

Horas depois da colisão contras as torres, um terceiro avião embateu contra o Pentágono, em Virgínia, matando 184 pessoas. Entre as vítimas, 125 eram funcionários do departamento de Defesa e 59 estavam no voo 77 da American Airlines, usado para o atentado.

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS