29 setembro 2022 6:26
29 setembro 2022 6:26

Marcelo Bimbi garante que ganhando ou perdendo continuará seu trabalho social

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O bem-sucedido modelo Marcelo Bimbi, acreano que ganhou o mundo por meio das passarelas, sempre viveu de desafios. Filho do radialista Estevão Bimbi, ele acaba perdendo o pai cedo e toma uma decisão intempestiva, na época, duas décadas e meia atrás: vai deixar o Acre só com uma mochila nas costas para buscar seus sonhos. Queria ser jogador de futebol. Foram muitos transtornos até ele ser descoberto nas passarelas. Virou modelo conhecido no país e com muitas realizações fora do Brasil. Ganhou dinheiro e fama. Resolveu retribuir ao criar um projeto social em parceria com outros famosos, por meio do qual leva futebol e solidariedade por diversas regiões. A convite, entrou para a política. É um dos candidatos a deputado federal pelo Acre, outro desafio as portas. “Quando dizem que é difícil, digo que consigo. Sou obstinado”, diz ele no papo de domingo.

Veja o que ele diz mais:

Quem é Marcelo Bimbi?

Marcelo Bimbi – Um ribeirinho sonhador que conseguiu realizar todos seus sonhos, que há 19 anos leva o nome do Acre e do Brasil mundo a fora, que há anos vem ajudando e retribuindo todo o carinho que recebeu de seu povo e que ainda sonha em ajudar cada vez mais.

Tenho como espelho ajudar o povo, o meu pai, Estevão Bimbi.

Como surgiu essa ideia de entrar pra política?

Marcelo Bimbi – Pra mim todo cidadão que que tem em mente ajudar e fazer bem ao próximo é um político. Porém, a política, pra mim, é mais que um aperto de mão e um abraço falso, igual maioria dos políticos do Acre fazem.

Decidi entrar na política por saber que tendo orçamento e emendas parlamentares, podemos ajudar ainda mais nosso povo e nossos jovens.

E mais: ganhando ou perdendo, continuarei meus projetos sociais. Ganhando ou perdendo, após as eleições, eu serei um dos poucos a ficar nas ruas abraçando e ajudando o povo, porque sou assim, porque sou do povo. Desde que Deus começou a me abençoar, já pude ajudar muita gente. Até aqui, são mais de 62 toneladas de alimentos arrecadados sem ajuda de políticos ou verbas públicas. E farei muito mais.

Você quer ir fazer o que em Brasília?

Marcelo Bimbi – Como falei anteriormente, quero ir pra conseguir recursos e ser um dos poucos, que realmente irá aplicar em projetos sociais e melhorias para o povo. Não tenho padrinho político. Nao quis minha imagem vinculada a nenhum outro candidato ou político, já que no Acre, política é profissão.

Você é um modelo famoso no Brasil. Em que isso pode te ajudar numa eleição?

Marcelo Bimbi – Isso me ajudou na minha vida e com toda certeza me ajudará na minha campanha. Já morei em alguns lugares do mundo, morei em 12 capitais do Brasil, sendo que os problemas sociais enfrentados no país são iguais em todas as cidades. Eu poderia ser candidato em qualquer cidade do Brasil, mas preferi minha terra natal. Faço eventos solidários no país inteiro, mas devo isso ao povo do Acre.

Alguém teria dito que você não ia conseguir, horas antes de seu embarque em busca do sucesso, há mais de duas décadas. Você foi e não só conseguiu sobreviver, mas virou celebridade, venceu na vida. Alguém pode estar pensando a mesma coisa sobre sua candidatura?

Marcelo Bimbi – Ninguém quer ver seu sucesso. Porém, se eu fosse dar ouvido a alguém, eu nunca teria saído da beira do rio.

Desta vez (candidatura) eu tenho mais certeza que o povo precisa de alguém que os represente de verdade. Nada nem ninguém irá me fazer desistir. O carinho e o apoio que venho recebendo nas ruas, é inacreditável. É muito além do que eu esperava.

 

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS