2 outubro 2022 5:19
2 outubro 2022 5:19

Manoel Machado tem candidatura negada pelo TRE por ter condenação de crime sexual

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Candidato diz que é vítima de calúnia; corte eleitoral continua em sessão e deve julgar também caso envolvendo a senadora Mailza Gomes

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Acre decidiu, na manhã deste domingo (11), em sessão virtual por meio de videoconferência, por unanimidade, negar o registro de candidatura a deputado estadual do candidato Manuel Machado da Rocha, do Solidariedade.

Todos os juízes votaram com o relator, desembargador Luiz Camolez, que acolheu o pedido de impugnação do Ministério Público Eleitoral, com base no artigo 213 do Código Penal, por condenação relacionada a crimes de importunação sexual.

Ouvido pelo ContilNet, o candidato negou ter problemas desta natureza. “Estou sendo vítima de calúnia e vou atrás dos meus direitos”, disse Manuel Machado. “Nunca eu tive problemas de natureza sexual”, acrescentou.

Manuel Machado é um dos políticos mais antigos em atividade no Acre. Foi vereador em Tarauacá nos anos 70 e exerceu cinco mandatos de deputado estadual, quando chegou a ser presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) e governador interino.

O TRE continua em sessão. Entre outros processos, além do que diz respeito a Manuel Machado, analisou também o pedido de registro de candidatura do ex-vereador por Rio Branco, Juracy Nogueira, candidato a deputado estadual pelo Patriotas. Ele foi denunciado pelo MP Eleitoral por irregularidades no pagamento de diárias na época em que foi presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, nos anos de 2008 a 2012.

Com pelo menos três votos favoráveis à impugnação, a juíza de direito Maha Mansfi, integrante da corte eleitoral, pediu vistas do processo e o caso volta à analise nesta segunda-feira (12), no último dia de prazo da Justiça Eleitoral para liberar ou não os registros de candidaturas para a disputa das eleições.

Será nestas sessões em que vai a julgamento o pedido de registro de candidatura da senadora Mailza Gomes, na condição de candidata a vice do governador Gladson Cameli, que é candidato à reeleição. A sessão foi suspensa pelo TRE e pelo menos mais outros 11 processos, entre os quais o de Mailza Gomes, deve vir à pauta sem seguida, havendo também possibilidades de ficar para segunda-feira.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS