7 outubro 2022 1:23
7 outubro 2022 1:23

Justiça espanhola abre investigação sobre insultos racistas contra Vinícius Júnior

Ministério Público de Madri pede que a polícia "analise as gravações de vídeo" que mostram torcedores do Atlético de Madrid ofendendo o jogador brasileiro

Por Otávio Damasceno/Ecos da Notícia

- Publicidade -

A Justiça espanhola abriu uma investigação sobre os insultos racistas de torcedores do Atlético de Madrid contra o atacante brasileiro Vinícius Júnior, do Real Madrid, durante o clássico de domingo, anunciou o Ministério Público Provincial de Madri, nesta sexta-feira.

Iniciada como resultado da ação movida pela associação Movimento contra a Intolerância, a investigação se concentrará “nos cânticos de conotação racista ouvidos dentro e fora” do estádio Metropolitano, conforme anunciado pelo MP em um comunicado.

No processo, o MP demanda que a polícia “analise as gravações de vídeo” feitas durante o jogo para que “identifique as pessoas que proferiram insultos racistas e, se for o caso, informe se essas pessoas têm algum tipo de relação com grupos violentos, ou com movimentos de ideologia extremista”.

Segundo o Ministério Público, a investigação também deverá determinar “se mais episódios de conotação racista se repetiram dentro do estádio” contra o jogador. Para isso, solicita aos serviços de segurança do clube todas as informações disponíveis, assim como a súmula da partida.

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS