23 setembro 2022 4:25
23 setembro 2022 4:25

Justiça concede ao agente reprovado em teste físico do ISE por estar com COVID, o direito de refazer prova

Candidato entrou com mandado de segurança para refazer o teste do concurso do ISE. No dia do exame, agente ambiental estava com Covid e não sabia.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um agente ambiental entrou na Justiça para refazer um teste de aptidão física do concurso do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE). O candidato foi reprovado na etapa por não concluir o teste devido à Covid-19.

Ele tinha começado a sentir os sintomas da doença no dia anterior ao teste, que foi no início do ano, e não conseguiu terminar a prova. Após ser reprovado, o candidato entrou com um mandado de segurança e foi autorizado pelo Tribunal Pleno Jurisdicional a refazer o exame.

A decisão ainda cabe recurso. A reportagem entrou em contato com a Procuradoria-Geral do Estado (PGE-AC) e aguarda retorno.

O edital do concurso foi divulgado em dezembro do ano passado com mais de 300 vagas agente socioeducativo, auxiliar administrativo, motorista e técnico de informática.

“Para fazer o teste de aptidão física, você precisa passar por um médico. Ele não estava sentindo nada, mas no dia anterior ao teste começou a se sentir cansado e acreditou que seria devido ao esforço que estava fazendo, pela preparação física. Foi fazer a prova normalmente, mas não conseguiu concluir o teste com cansaço extremo”, explicou a advogada do agente, Anne Caroline Batista.

No dia seguinte ao exame, a advogado contou que o cliente fez um teste de Covid e o resultado foi positivo. Logo que pegou o resultado, Anne Caroline diz que o candidato solicitou, via e-mail, que a banca examinadora desse uma nova oportunidade para ele.

“A banda examinadora falou que não havia uma nova oportunidade. Com base nessa negativa, ingressamos com o mandado de segurança com uma liminar. Ele teve o direito deferido e já passou pelo teste”, complementou.

Fonte/ O Alto Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS