7 outubro 2022 5:16
7 outubro 2022 5:16

Jornalista Lana Valle é a primeira acriana a participar da ‘comissão de mulheres da FENAJ’

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A jornalista Lane Valle é a primeira acreana a fazer parte da Comissão de Mulheres da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). O coletivo tem como missão impulsionar o debate sobre as questões de gênero no movimento sindical, a defesa de direitos, além de denunciar os ataques contra as profissionais da imprensa.

“Infelizmente, as mulheres ainda são vítimas e enfrentam diariamente sobrecarga de trabalho, assédios moral e sexual, além da discriminação. Situações muito presentes nas nossas rotinas, uma luta angustiante e constante para enfrentar as estruturas sociais que perpetuam o machismo”, frisou Valle.

A jornalista comentou que a participação das mulheres nos movimentos sindicais é fundamental. “É importante e necessário a entrada de mulheres nos sindicatos, e que esses se tornem, de fato, um espaço de acolhimento e militância, especialmente em tempos de ataques frontal às mulheres jornalistas, o que torna nossa resistência e lutas permanentes”, concluiu.

A profissional falou com emoção de sua participação na Comissão de Mulheres da Fenaj. “Sinto orgulho de representar o nosso Estado nessa função, pois acredito que a união faz a força na defesa pública de mulheres jornalistas, impulsionando, inclusive, a representatividade feminina dentro do movimento sindical”, destacou Lane.

Sobre a jornalista

Lane Valle é jornalista há 13 anos. A profissional foi correspondente da Band Nacional no Acre, atuou no jornalismo impresso, televisivo, rádio e assessorias. Esteve à frente do Sindicato dos Jornalista do Acre (Sinjac), durante a fase de transição da presidência (2019/2020).

A acreana é uma das 27 mulheres que fazem parte da Comissão de Mulheres da Fenaj (mandato da gestão 2022-2025) que tem o papel de denunciar publicamente os ataques contra as jornalistas e fazer a ampla defesa dos direitos das mulheres em conjunto com o movimento sindical.

Fonte/ A Gazeta do Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS