2 outubro 2022 4:09
2 outubro 2022 4:09

Idosa acamada passa 12 horas com filho morto dentro de casa

A mulher chegou a escutar o barulho da queda, tentou usar a cadeira de rodas e sofreu acidente no quarto e não pôde se mover. Ela esperou o filho mais novo chegar para acionar o socorro

Por O Liberal

- Publicidade -

Uma idosa passou mais de 12h com o filho morto dentro de casa. A mulher vive acamada e não conseguiu pedir ajuda quando Paulo Henrique Gimenes, de 55 anos, teve um mal súbito. O caso aconteceu na Vila Taveirópolis, em Campo Grande.

A mulher chegou a escutar o barulho da queda e precisou esperar o filho mais novo chegar para acionar o socorro. Desde então, ela passou de 11h até 23h no aguardo. O homem, que, segundo informações, já sofria de problemas psiquiátricos e de saúde, passou mal e caiu já sem vida.

A mãe, uma senhora cadeirante, ao escutar a queda do filho, tentou se levantar para verificar o que estava acontecendo. Foi nesse momento que a idosa também sofreu uma queda no quarto e não conseguiu pedir ajuda.

Assim que a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou na residência foi constatada a morte do homem. O caso foi registrado na delegacia de Pronto Atendimento, na Depac.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS