7 outubro 2022 11:30
7 outubro 2022 11:30

Homem mata amante da esposa e depois a faz de refém, após sair da prisão

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Uma semana após sair da prisão, um homem, de 29 anos, matou o suposto amante de esposa a tiros, no Jardim Centenário, em Campo Grande, na madrugada desta quinta-feira (8). Depois, ele a fez de refém e a libertou somente após negociação com a Polícia Militar.

O suspeito foi preso em flagrante pelo homicídio. Entretanto, a mulher também foi detida. A polícia investiga se ela teria planejado com o suposto amante assassinar o marido, mas o crime teria dado errado após reação da vítima, que teria desarmado o outro homem e depois o matado.

O suposto amante, conforme a policia, tinha 38 anos. Ele teria ido para a casa da mulher, local onde ocorreu o crime, armado.

Conforme o registro policial, o crime aconteceu pouco depois da zero hora desta quinta-feira. Testemunhas disseram ter escutado pelo menos 10 tiros. Policiais foram acionados e ao chegarem no local, encontraram a vítima caída na calçada, já sem vida, com tiros na cabeça.

Segundo apurado pela reportagem, a madrasta da mulher estava do lado de fora da residência e afirmou ter recebido uma ligação da enteada, momentos antes, revelando que o companheiro, teria matado uma pessoa a tiros e que estaria trancada com o homem dentro da casa.

Para entrar na casa, os policiais precisaram pular o muro. Na garagem, a equipe encontrou capsulas de munição calibre 380. Em uma força tarefa, os militares conseguiram arrombar a porta da residência, onde encontraram o casal em um dos cômodos.

O homem confessou o crime, foi algemado e levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Cepol. A esposa também foi encaminhada à delegacia. O caso foi registrado como homicídio qualificado por emboscada e segue em investigação.

G1

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS