25 setembro 2022 4:19
25 setembro 2022 4:19

Homem baleado na cabeça dentro do próprio carro tem morte cerebral confirmada pelos médicos

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

O oficial de Justiça Jorge Eduardo Lopes Borges, de 41 anos, teve morte cerebral confirmada pelos médicos nesta quarta (7), segundo informações do sindicato da categoria (Sindojus) e do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Ele foi baleado por um motociclista dentro do carro, na Zona Norte do Recife, no domingo (4), Câmeras de segurança registraram o crime.

Jorge Borges foi atingido na cabeça por tiros disparados por um homem ainda não identificado, que está foragido. O crime aconteceu na Estrada do Arraial, na Tamarineira

A morte do oficial de justiça foi confirmada pela família e informada ao sindicato da categoria, o Sindojus-PE. Por meio de nota, divulgada na tarde desta quarta, a entidade se disse “consternada” com o óbito.

No comunicado, o sindicato informou que o oficial de justiça “teve a morte cerebral confirmada, nesta quarta, pela equipe médica do Hospital Unimed”, onde ele estava internado.

A assessoria do sindicato disse que recebeu a informação diretamente da família da vítima e que a morte cerebral foi declarada pelos médicos às 12h32 desta quarta.

Fica o nosso agradecimento pelo competente trabalho em sua jornada e nossa irrestrita solidariedade à família, amigos e colegas do companheiro Jorge”, afirmou a entidade.

O Sindojus-PE também disse que “segue à disposição para o que se fizer necessário e cobrando a ampla apuração das responsabilidades por este crime”.

Por fim, o sindicato convocou a população para “somarem aos nossos esforços e dar um basta à violência”.

Também por nota, o TJPE informou que a “família declarou que doará os órgãos do falecido“. No comunicado, o tribunal disse a vítima trabalhava na Central de Mandados da Capital (Cemando).

Jorge Eduardo entrou no TJPE em 3 de setembro de 2007. Ele deixou mulher e dois filhos; uma menina de 6 anos, e um bebê de 50 dias.

Nos vídeos enviados para o WhatsApp da TV Globo é possível acompanhar o momento em que o motociclista atira no carro da vítima. O veículo estava parando num sinal, às 17h38 do domingo.

Após ser baleado, Jorge foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, no Cordeiro, Zona Oeste da capital pernambucana.

Por causa da gravidade do ferimento, ele foi transferido para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, na área central do Recife. Depois disso, seguiu para uma unidade da Unimed, também na capital pernambucana.

Na terça (6), em nota, a Polícia Civil disse que as investigações foram iniciadas pela equipe da Força Tarefa de Homicídios da Capital do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) e seguem “até a elucidação do crime”.

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por sua vez, informou que estava prestando assistência para a família do oficial.

Fonte: G1

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS