29 setembro 2022 7:38
29 setembro 2022 7:38

Em Rio Branco, ‘Centro de Apoio e Diagnóstico’ da Prefeitura é referência em qualidade e agilidade em exames laboratoriais

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Um serviço da Prefeitura de Rio Branco que poucos conhecem é o do Centro de Apoio e Diagnóstico, CAD.

Local onde são feitas análises de amostras coletadas nas Unidades de Referência em Atenção Primária (Uraps) da capital. Em dezembro deste ano, o centro completará 18 anos e realiza, atualmente, exames hematológicos, bioquímicos, hormonais, de urina e tuberculose.

Centro de Apoio e Diagnóstico, CAD. Local onde são feitas análises de amostras coletadas nas Unidades de Referência em Atenção Primária (Uraps) da capital. Foto: Reprodução.

Jaqueline de Araújo, coordenadora do CAD, informou que no Centro também são realizados os exames coletados pela Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar (Emade).

“É feito pela equipe multiprofissional, que faz os atendimentos em domicílio aos pacientes acamados e, também, nós realizamos os exames da Casai (Casa do Índio”)

Tudo começa no posto de saúde. Após consulta, o paciente faz o agendamento para a coleta, que pode ser realizada no mesmo dia ou no dia seguinte. Em seguida a amostra é levada para o CAD e cerca de 95% dos resultados dos exames ficam prontos em menos de 24 horas.

Letícia Cezarotto, responsável técnica do CAD, explicou que o paciente também pode acessar o exame pela internet.

“Basta entrar no site da prefeitura com o número do protocolo que foi passado para ele e já fazer a impressão dos seus exames ou salvar no seu celular para levar para um médico verificar.”

A manutenção do Centro é feita, principalmente, com recursos próprios da prefeitura e repasses do Governo Federal. Até 2021 o serviço era direcionado exclusivamente para a atenção básica. Hoje, atende tanto solicitações do município, quanto do estado, além do setor privado.

A coordenadora explica, ainda, que no início realizavam em média 2 mil exames por mês. Atualmente cerca de 130 mil exames são expedidos mensalmente.

Jaqueline ressaltou que a maioria dos exames são automatizados, como por exemplo, material de coleta e reagentes.

“Sempre trabalhamos com o que há de melhor, principalmente a qualidade. Quando se tem um exame automatizado trabalhamos com mais tranquilidade e com mais garantia”.

Everaldo, microempresário, de 52 anos, buscou atendimento na Unidade para realizar um hemograma completo. Pois, em breve terá que passar por uma cirurgia. Elogiou o atendimento da unidade e a presteza na entrega das análises.

“Muito bom! Um trabalho de excelência que a prefeitura está fazendo, com especialidades em exames. Está de parabéns com o serviço prestado a toda a comunidade”, disse.

Fonte/ Jornal Opinião

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS