29 setembro 2022 9:35
29 setembro 2022 9:35

Em entrevista agendada para o dia 26 de setembro, Bolsonaro apresentará as propostas de governo para a Amazônia

Por conta de novos compromissos da agenda, assessoria de Jair Bolsonaro (PL) pede mudança de data. Coordenação abrirá espaço para possibilidade de remarcação também para Luís Inácio Lula da Silva (PT).

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A pedido da assessoria da campanha do presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL), que informou sobre novos compromissos na agenda para esta segunda (12), a entrevista foi remarcada para segunda-feira (26), no mesmo horário.

A ordem das entrevistas e as datas haviam sido definidas em julho, quando as assessorias foram informadas. Com a mudança de data e, considerando que a assessoria do ex-presidente e candidato Luís Inácio Lula da Silva informou sobre incompatibilidade de agenda para o dia 8 de setembro, quando estava também agendada a entrevista como candidato do PT, será aberta à assessoria a possibilidade de também escolher uma nova data.

Afinal, o objetivo da iniciativa com pool de 9 veículos da Amazônia com o projeto é detalhar e dar espaço aos candidatos para apresentar suas propostas para a região amazônica.

A iniciativa pioneira capitaneada pelo Grupo Liberal também conta com a participação dos grupos de comunicação Imirante, do Maranhão; A Crítica, do Amazonas; Diário da Amazônia, de Rondônia; Gazeta do Cerrado, de Tocantins; Gazeta Digital, do Mato Grosso; Roraima em Tempo, Gazeta do Acre e Diário do Amapá. Cada veículo pode fazer uma pergunta a cada candidato e todas as entrevistas contam com intérpretes da língua brasileira de sinais.

Já participaram da série “Propostas para a Amazônia” os candidatos Felipe D’Avilla (Novo), Ciro Gomes (PDT) e Soraya Thronicke (União). Nesta terça-feira (13) será entrevistado Pablo Marçal e na quarta-feira (14), Simone Tebet (MDB).

Fonte/ A Gazeta do Acre

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS