5 outubro 2022 11:03
5 outubro 2022 11:03

Educação: escola rural do município de Bujari está “caindo aos pedaços”

Por Otávio Damasceno, da redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Nesta terça-feira dia 20, a redação Ecos da Notícia recebeu uma denúncia da comunidade do PAE LIMOEIRO zona rural de (BUJARI). O presidente da Associação do PAE LIMOEIRO, denunciou nesta manhã do dia 20 de setembro, o descaso da Prefeitura Municipal do Bujari, através da Secretaria Municipal de Educação.

Segundo o presidente da associação PAE LIMOEIRO, a secretaria de educação
abandonou completamente a escola, na referida comunidade. Segundo o Sr. Leonardo presidente da Associação já ouve reuniões na comunidade onde a prefeitura se comprometeu de até dia 10 de setembro providenciar uma estrutura para que as crianças tivessem o mínimo de dignidade para estudar.

Porém hoje é dia 20 de setembro e nada foi feito. A escola está caindo, sem nenhum tipo de condições de receber os alunos que estão prejudicados, isso sem contar as condições de água e merenda escolar que também é precária.

O prédio escolar que sofre todo esse descaso é uma Extensão da escola Salustiano Cardoso. Que fica na colocação Laranjau, as margens do rio Antimary, zona rural do Município de Bujari.

A nossa equipe entrou em contato com a secretaria de educação do município de Bujari, Odete do Vale. nos informou que as condições do ramal eram precárias no período das chuvas. e dificultaram o deslocamento de material para a obra na localidade. Também segundo a secretaria a prefeitura e a própria Secretaria de Educação já estão montando um plano para que a situação seja resolvida, até o final desse mês de setembro.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS