22 setembro 2022 10:10
22 setembro 2022 10:10

Domingo será marcado pela presença de autoridades no funeral da rainha

Presidente Jair Bolsonaro (PL) e mais representantes de Estado desembarcam em Londres para homenagear Elizabeth II

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Após uma vigília com a presença dos príncipes William e Harry nesse sábado (17/9), a rainha Elizabeth será novamente homenageada ao longo deste domingo (18/9). Desta vez, são esperadas autoridades e figuras políticas de todo o mundo, como o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (PL), que deve chegar a Londres pela manhã e seguirá uma agenda na capital inglesa acompanhado da esposa, Michelle Bolsonaro.

Bolsonaro ficará apenas dois dias na cidade. Ele deve visitar a Câmara Ardente do Parlamento inglês, onde o caixão de Elizabeth II se encontra, e o Palácio de Buckingham, local em que será recepcionado pelo rei Charles III.

Rei Charles tem 73 anos

Na ocasião, também estarão presentes outros chefes de Estado. Membros da realeza europeia, incluindo parentes de sangue da rainha, foram convocados a participar da despedida. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, é outro nome aguardado. A Casa Branca afirmou que o governante irá acompanhado da primeira-dama, Jill Biden.

Demais líderes mundiais, como o presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, e o presidente da Itália, Sergio Mattarella irão, bem como a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen. O presidente da Coréia do Sul, Yoon Suk-Yeol, confirmou que desembarcará na capital inglesa.

Espera-se que os líderes da Commonwealth (organização intergovernamental composta por 53 países e comandada por Elizabeth II durante seu reinado) presenciem a cerimônia. Alguns deles já confirmaram a solicitação, como o primeiro-ministro australiano Anthony Albanese, a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, e o primeiro-ministro canadense Justin Trudeau.

Especula-se que o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama comparecerá ao lado da mulher, Michelle. No entanto, até a publicação desta reportagem, a presença deles não foi confirmada.

Programação do dia

O caixão da rainha, que morreu no último dia 8, permanece no salão de Westminster. Na programação oficial, será feito um minuto de silêncio em todo o Reino Unido às 20h, horário local. Uma série de vigílias e eventos comunitários são aguardados.

Elizabeth II governou o Reino Unido durante sete décadas e morreu “pacificamente” aos 96 anos, segundo comunicou o palácio. Com seus anos de dedicação ao serviço público, tornou-se a mulher que mais tempo comandou uma monarquia.

Metrópoles

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS