17 setembro 2022 4:33
17 setembro 2022 4:33

Desmatamento caiu 27% no Acre no mês de agosto, mas estado é o 3° da Amazônia Legal com maior área derrubada

Estado desmatou uma área de 173 quilômetros quadrados no mês passado contra 236 quilômetros quadrados em 2021.

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

Dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) obtidos por meio do Sistema de Alerta do Desmatamento (SAD) mostram que a área desmatada no Acre caiu 27% em agosto, se comparado com o mesmo período do ano passado.

De acordo com o boletim, o estado desmatou uma área de 173 quilômetros quadrados no mês passado contra 236 quilômetros quadrados em 2021.

Mas, apesar dessa redução, o estado foi o terceiro da Amazônia Legal com maior área afetada pelo desmatamento no mês passado, de acordo com os dados, ficando atrás apenas do Pará (647km²) e do Amazonas (289km²).

Em agosto de 2022, o SAD detectou 1.415 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal, uma redução de 12% em relação a agosto de 2021, quando o desmatamento somou 1.606 quilômetros quadrados.

O desmatamento detectado em agosto de 2022 ocorreu no Pará (46%), Amazonas (20%), Acre (12%), Rondônia (10%), Mato Grosso (10%), Maranhão (1%) e Roraima (1%).

As florestas degradadas na Amazônia Legal somaram 976 quilômetros quadrados em agosto de 2022, o que representa um aumento de 5.322% em relação a agosto de 2021, quando a degradação detectada foi de 18 quilômetros quadrados.

No Acre, foi registrada uma área de 28 quilômetros quadrados em degradação, o que corresponde a 3% da área total da Amazônia Legal, de acordo com os dados.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS