7 outubro 2022 11:37
7 outubro 2022 11:37

Deputado bolsonarista hostiliza Vera Magalhães após debate em São Paulo

Jornalista foi alvo de ofensas por Douglas Garcia, que reproduziu uma notícia falsa sobre seu salário e repetiu a fala do presidente Jair Bolsonaro, a chamando de 'vergonha para o jornalismo brasileiro'

Por Redação Ecos da Notícia

- Publicidade -

A jornalista Vera Magalhães foi hostilizada pelo deputado estadual paulista Douglas Garcia (Republicanos), apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), durante o debate para o governo de São Paulo na noite desta terça-feira, 13.

Usando um celular para gravar o ato, o parlamentar foi até ela e reiterou os ataques feitos pelo chefe do Executivo há duas semanas a chamando de “vergonha para o jornalismo brasileiro“, em seguida, reproduziu uma falsa notícia sobre a remuneração anual dela na TV Cultura.

Não tenho medo de homem que ameaça e intimida mulher“, escreveu Vera Magalhães, no Twitter. Ela afirmou que precisou sair escoltada por seguranças do Memorial da América Latina — local onde aconteceu o debate — e adicionou que irá registrar um boletim de ocorrência pela ameaça sofrida. “Um país que condescendendo com esse tipo de ameaça à imprensa não é uma democracia plena. Basta!“, adicionou a jornalista.

Separados por um segurança, Douglas Garcia continuou repetindo ataques a Vera Magalhães até ter o telefone celular tomado pelo diretor de redação da TV Cultura, Leão Serva.

Em postagem no Twitter antes de começar o debate, o parlamentar bolsonarista exibiu o crachá de convidado e perguntou se Vera iria participar do evento.

Fonte: Terra

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS